Após superdemanda, pacientes aguardam atendimento no gramado da parte externa da Unidade de Pronto Atendimento em Guarulhos, SP

Um caso inusitado aconteceu nessa última terça-feira (21), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São João, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Quem passou pelo local presenciou dezenas de pacientes deitados no gramado da unidade aguardando atendimento.

A Prefeitura de Guarulhos foi questionada sobre o motivo de as pessoas estarem deitadas no gramado da unidade de Saúde e informou que a situação ocorreu devido uma superdemanda e que as equipes da unidade estavam completas.

O Executivo Municipal informou, por meio de nota, que alterou o esquema de atendimento a partir desta quinta (23) para o suporte aos pacientes com sintomas de gripes e suspendeu consultas agendadas, com exceção de atendimentos a gestantes, puérperas e crianças de até 1 ano.

“Diante do aumento significativo de indivíduos com sintomas respiratórios em Guarulhos, a partir desta quinta-feira (23), das 8 às 16h, as Unidades Básicas de Saúde (UBS), exceto a UBS Alvorada, estarão, inicialmente por três semanas, voltadas ao atendimento médico e de enfermagem dos pacientes com sintomas respiratórios leves referenciados pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e Prontos Atendimentos (PA)”, explicou a nota.

O comunicado esclarece que pessoas com sintomas gripais leves que procurarem atendimento em UPA ou PA serão encaminhadas para receber atendimento na Atenção Básica, que estará apoiando as unidades de urgência e emergência. Serão realizadas normalmente a vacinação contra a Covid-19, além da vacinação de rotina.

A prefeitura informou que no mês de dezembro, até o último dia 19, foram registrados 8.051 casos de síndromes gripais, não necessariamente a H3N2.

O mesmo ocorre em hospitais particulares e em postos de atendimento de planos de saúde privados do município, a exemplo do que está acontecendo em outros municípios da Grande São Paulo”, esclarece a nota.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Homem rouba ambulância e sai em fuga cinematográfica até bater em base móvel da PM e ser preso

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta terça-feira (26). A Polícia Militar efetuou a prisão de um paciente de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santo André, na Grande São Paulo, após roubar uma ambulância e tentar fugir com o veículo.

O homem havia recebido atendimento médico na madrugada dessa segunda-feira (26), após ter sido localizado na rua com um comportamento agressivo e com sinais de embriaguez. O homem conseguiu escapar da unidade por volta das 7h, após render o motorista e sair em fuga.

Ao sair em fuga com alta velocidade, o homem bateu em uma base móvel da Polícia Militar que estava na Avenida Perimetral, no centro da cidade. Apesar da violência do impacto ninguém se feriu na ocorrência.
Após a colisão o homem foi encaminhado até o hospital, porém como não apresentava sintomas de problemas psiquiátricos, foi preso.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...