Poucas horas antes de acontecer, show de MC Poze é cancelado em Fortaleza

Horas antes de acontecer, um show do MC Poze do Rodo foi cancelado. O evento estava agendado para acontecer na quinta-feira, (30/12), na Praia do Futuro, em Fortaleza, e foi o segundo show do funkeiro a ser cancelado na capital em menos de 24 horas. O primeiro foi cancelado após ameaças de facção criminosa e o segundo, em razão de uma fiscalização do Comando de Engenharia de Prevenção de Incêndios (Cepi).

Relatos de testemunhas mostram que antes de o cantor subir ao palco nessa quinta-feira, chegaram muitos policiais e ocorreu uma confusão entre os participantes do evento e os organizadores. Segundo informações, as pessoas que compraram ingressos para o show foram avisadas de que seriam ressarcidas.

O funkeiro havia recebido ameaças de morte de uma facção criminosa, de acordo com informações veiculadas no portal O POVO. Vale ressaltar que o cantor teve um show cancelado em Salvador, em outubro de 2021. Houve ainda o cancelamento de um show em Manaus, também por conta de ameaças de morte contra ele feitas por criminosos. Por meio do Instagram, o funkeiro publicou uma foto, na noite desta sexta-feira, 31, com a legenda: “O meu escudo é de Deus que me protege e que me guarda, amém”.

A Polícia do Rio de Janeiro investiga o MC por suspeita de envolvimento em tráfico de drogas. O inquérito policial apontava Poze como integrante de uma facção criminosa do Rio de Janeiro que tinha participação de shows pagos pelo tráfico. 

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) divulgou uma nota que confirma que equipes da Polícia Militar do Ceará (PMCE), cumpriram um auto de interdição em um estabelecimento comercial situado na Praia do Futuro – Área Integrada de Segurança 10 (AIS 10) da Capital. A ausência de Projeto de Segurança contra Incêndio e Pânico (PSIP), no local onde seria realizada uma festa, fez com que fosse emitido uma notificação.

A interdição do local ocorreu após uma inspeção, realizada nessa quarta-feira, 29, pelo Comando de Engenharia de Prevenção de Incêndios (Cepi) do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), de acordo com informações da Secretaria. Com a interdição, o local encontra-se impossibilitado de receber eventos até que a situação seja regularizada.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...