Rui Costa vai a jantar que contou com a presença do ex-presidente Lula e do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin, e diz que união é fundamental para reconstruir o Brasil

Um jantar organizado pelo Grupo Prerrogativas em São Paulo, nesse domingo (19), contou com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin. O evento também contou com a presença do governador da Bahia, Rui Costa, além de outras autoridades.

Os antigos rivais políticos se reuniram pela primeira vez desde que começaram os rumores da possibilidade do ex-tucano ocupar o vice na candidatura presidencial de Lula no ano que vem.

Estive hoje no jantar que reuniu o presidente @Lulaoficial e o ex-governador de São Paulo, @geraldoalckmin_. Independente de partidos, reconstruir o Brasil é uma tarefa para muitos, que só será possível com união. Não só com quem pensa exatamente igual a nós, mas com todos que queiram o bem do nosso país, para que a gente possa ultrapassar a tragédia que o Brasil vive hoje”, compartilhou Rui Costa nas redes sociais, junto com um registro de Lula e Alckmin se abraçando.

Compareceram também ao jantar o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o prefeito de Recife, João Campos, ex-prefeito de Manaus (AM) Arthur Virgílio Neto (PSDB), os deputados Alessandro Molon (PSB-RJ), Marcelo Freixo (PSB-RJ), Marília Arraes (PT-PE) e o ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (sem partido-RJ) e os senadores Omar Aziz (PSD-AM) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), além do governador da Bahia, Rui Costa.

Também estiveram presentes no jantar, integrantes do governo de Dilma Rousseff (PT) como os ex-ministros José Eduardo Cardozo e Aloizio Mercadante. O jantar ainda contou com a presença de presidentes de partidos como Gleisi Hoffmann (PT), Gilberto Kassab (PSD), Carlos Siqueira (PSB), Paulinho da Força (Solidariedade) e diversas outras autoridades.

O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, anunciou a sua saída do PSDB na semana passada. Alckmin admitiu a possibilidade de ser candidato a vice-presidente, em 2022, na chapa de Lula, (PT). De acordo com o ex-presidente Lula, a confirmação oficial de sua candidatura só acontecerá em março de 2022.

O ex-governador Marcio França (PSB) e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT), que estiveram no jantar, articulam para Alckmin se filiar ao PSB. O ex-presidente Lula também cogitou a possibilidade de Geraldo Alckmin se filiar ao PSD, durante conversa com aliados, porém essa é uma possibilidade remota.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

‘Acho arriscado’, diz Rui Costa ao desaprovar evento-teste na capital baiana no fim de julho

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (7). A intensão da prefeitura municipal de Salvador de realizar um evento-teste com cerca de 500 pessoas, não encontrou apoio no governador da Bahia Rui Costa. Rui Costa disse nessa segunda-feira (6) que não é o momento apropriado para acontecer a aglomeração que está agendada para o dia 29 de julho.

“Eu ainda não conversei com o prefeito, falei com ele hoje por telefone, mas não falamos nesse assunto, mas vou falar com ele. Não me parece que é o momento de fazer evento-teste. Se acabamos de pedir para que as pessoas não façam eventos juninos, como é que agora vamos juntar 500 pessoas ou mil pessoas para fazer um evento-teste? Então, não acho adequado, a mensagem não é boa nesse momento”, disse o governador.

Rui Costa insistiu na necessidade de aproveitar o momento em que a taxa de ocupação de leitos de UTI tem diminuído para retomar as atividades essenciais.”Nesse momento precisamos voltar progressivamente com aquelas atividades essenciais como Educação, que é uma atividade essencial a vida humana, e deixando um pouco para depois atividades que não sejam tão essenciais”, disse o governador.

A gestão municipal quer realizar um evento-teste no dia 29 de julho, com aproximadamente 500 pessoas imunizadas com pelo menos a primeira dose da vacina contra a Covid 19, reunidas no Centro de Convenções. Uma parceria entre a Fiocruz e o município está sendo ajustada para que haja o monitoramento das pessoas que estiverem no evento por 15 dias após a festa. Também estão sendo planejados eventos nas ilhas de Salvador.

“Acho que eventos podem aguardar um pouco mais, a gente reduzir ainda mais o número de casos, para a gente começar a fazer eventos. Essa é a minha opinião, inicialmente foi o que eu conversei com o prefeito informalmente, e a gente vai fazer um anúncio coletivo. Eventualmente fazer liberações progressivas, é isso que está conversado, para a gente chegar a liberar eventualmente eventos de maior porte na frente. Podemos avaliar eventos pequenos agora, que reúna poucas pessoas, mas eventos de 500, mil, cinco mil pessoas, eu acho que é muito arriscado nesse momento”, argumentou o governador Rui Costa.

 

Da redação do Acontece na Bahia

 

 

 

Ver completo...

Rui Costa espera flexibilização de medidas nos próximos dias com a queda dos casos de Covid

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (2). A cerimônia de comemoração à Independência da Bahia, nesta sexta-feira (2), contou com a presença do governador Rui Costa (PT). O evento aconteceu na Lapinha, em Salvador, e durante a celebração o governador afirmou que se a quantidade de internações em razão da Covid 19 continuarem em queda no estado, haverá a flexibilização das medidas restritivas adotadas, com possibilidade de retorno das aulas.

“Estamos conversando com o prefeito de Salvador e outros prefeitos. Amanhã tenho reunião com prefeitos da Chapada e, se os números continuarem caindo ao longo das próximas semanas, vamos anunciar novas medidas de flexibilização e, quem sabe, o retorno nos próximos dias das aulas que estamos ansiosos para retomar e recuperar o tempo perdido na educação”, afirmou o governador Rui Costa. Mas não é só isso…

Rui Costa reafirmou suas falas sobre a vacina Sputnik V, do Instituto Gamaleya, da Rússia.“Estamos trabalhando com afinco e dedicação. Quero nesse 2 de Julho agradecer especialmente a prefeitos e prefeitas da Bahia por toda dedicação ao longo desse um ano e meio. Essa dedicação e esse diálogo garantiram que a Bahia estivesse, graças a Deus, uma das menores taxas dos pais de mortalidade, e conseguimos minimizar o efeito dramático desse vírus. A expectativa é que a gente acelere a vacinação. Esperamos conseguir internalizar a Sputnik o quanto antes. São 10 milhões de doses e, com essa quantidade, poderíamos dar um prazo para ter 100% da população vacinável acima de 18 anos imediatamente”, destacou.

A fala do governador, no entanto, entra em choque com o posicionamento da APLB, que já se manifestou sobre esta pauta ao afirmar que as atividades letivas só voltarão no estado com a vacinação total dos profissionais envolvidos no contexto escolar.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Rui Costa, Lula, João Dória e outros políticos lamentaram a morte do ator Paulo Gustavo: “Seu talento jamais será esquecido.”

O Brasil amanheceu mais triste nesta manhã de quarta-feira (5) após a notícia da morte do ator e humorista Paulo Gustavo na noite de ontem (4).

Diversas personalidades lamentaram a morte precoce do ator, que foi mais uma das vítimas da Covid-19.

“Recebi com muita tristeza a notícia da morte de Paulo Gustavo. A covid levou hoje mais um de nós. Um grande brasileiro, que brindou nosso país com tanta alegria. Descanse em paz. Seu talento jamais será esquecido.”, afirmou o ex-presidente Lula em seu perfil no twitter.

“Brasil perde Paulo Gustavo. Um dos maiores nomes do showbiz do Brasil na última década. Paulo Gustavo deixa enorme legado ao teatro, tv e cinema do País. Meus sentimentos aos familiares e amigos.”, lamentou o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

O atual governador da Bahia, Rui Costa (PT), também prestou homenagem ao ator: “Um jovem talentosíssimo, com uma carreira de sucesso e um futuro promissor. Paulo Gustavo também era filho, marido e pai de duas crianças. Mais uma história interrompida pela Covid-19. Deixa a família e uma legião de fãs. Que triste! Meus sentimentos aos familiares, amigos e fãs.”

Paulo lutava contra a doença desde de março deste ano e deixou para trás seu marido, Thales Bretas, e dois filhos, Romeu e Gael, de 1 ano.

Da redação Acontece na Bahia

Ver completo...