Pescador consegue capturar camarão gigante com mais de 400g e medindo 50 cm no RN

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (26), e parece história de pescador mais não é. Seu Gabriel Silva, 80 anos e pescador, tem vivido dias de fama e a sua casa no município de Tibau, Rio Grande do Norte, virou ponto turístico desde que o homem capturou em sua rede um camarão gigante.

Segundo informações do G1, o Camarão que seu Gabriel capturou pesa mais de 400g, mede cerca de 50 cm e foi pego nessa quinta-feira (24). Seu Gabriel disse que a captura marca um novo recorde na cidade.

“Eu quebrei meu próprio recorde. Em 1978 eu peguei um menor um pouquinho. Agora peguei esse, de 400g”, contou seu Gabriel. O crustáceo pesou exatamente 408g. Seu Gabriel disse que registrou em fotografia para ninguém alegar que é “história de pescador”.

De acordo com biólogos o camarão capturado pertence a uma espécie que veio da Malásia e se adaptou na região por volta dos anos 90. Informaram ainda que alguns camarões escaparam de viveiros e se desenvolveram no mar.

O pescador disse que quando capturou o crustáceo muitas pessoas se aproximaram para ver.”Era muita gente ‘atrás’ de levar o camarão”, contou. Informou ainda que as pessoas o procuram a todo momento querendo ver o camarão gigante. Seu Gabriel disse que já tem um destino pra o camarão .”Esse eu vou mandar para um filho meu que mora em Natal, de presente”, comentou.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Bebê de três meses é encontrado sem vida com vários hematomas pelo corpo e indícios de agressão; mãe foi detida pela população local

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (17). Um bebê de três meses identificado como Álvaro Daniel, foi achado sem vida nesta manhã de hoje (17), dentro da casa de seus pais. A mãe do bebê identificada como Alice da Silva, 24 anos, foi detida por populares na comunidade Lagoa do Mato, zona rural do município de Luís Gomes, Rio Grande do Norte. Segundo informações, a mãe do bebê havia passado a noite anterior embriagada.

A Polícia Militar esteve no local para investigar o caso e descobriu que o bebê apresentava vários hematomas pelo corpo, além de estar ensanguentado, com indícios de agressão e maus tratos. A investigação não descartou a possibilidade de assassinato.

A mãe do bebê foi detida pela população e encaminhada para prestar depoimento na sequência. Este crime deixou a comunidade local indignada pela crueldade com que aconteceu. As investigações continuam para se apurar possíveis responsabilidades e é esperado o posicionamento das autoridades para definir a linha de investigação que será adotada.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...