Salvador: grupo bloqueia trecho da Av. Pinto de Aguiar após aguardar por vacina e serviço ser interrompido

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (21). Um grupo de pessoas fez uma manifestação na Avenida Pinto de Aguiar, em Salvador, após ter esperado para ser imunizado com a vacina contra a Covid-19. O incidente que ocorreu nessa quinta-feira (20), aconteceu como forma de protesto após a vacinação ter sido encerrada antes do horário previsto. De acordo com informações, algumas vias foram interditadas.

“Encerraram às 16h”, comentou o taxista Reinildo Santos, que disse ter chegado às 9h20. Segundo o taxista é uma situação de “falta de respeito” e “exigiu” uma “lição de moral” do prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), no secretário municipal de Saúde (SMS), Léo Prates.

“Queremos uma solução do secretário. É uma falta de respeito com a população. […]  Tem pessoas na Avenida Gal Costa [esperando a vacina] correndo o risco, porque não tem segurança”, concluiu, em entrevista concedida a TV Aratu.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Instituições ligadas ao movimento negro se reúnem em manifestação a favor de justiça no caso Atakarejo

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (14). Entidades ligadas ao movimento negro fizeram uma manifestação nessa quinta-feira (13) pedindo justiça em um protesto que foi realizado em frente ao Atakarejo do Pernambués.

Os manifestantes pediam justiça por Yan e Bruno e comunidade do Jacarezinho. Os representantes das Instituições disseram que o protesto queria ir de encontro a ‘‘ falsa abolição’’. O protesto teve o apoio de várias organizações sociais, centrais sindicais, partidos de esquerda, deputados estaduais e vereadores da capital baiana. Mas não é só isso…

A manifestação ainda tinha como objetivo fazer reivindicações de direitos para a população negra mesmo após 133 anos de abolição da escravidão, despertar o olhar das pessoas para os muitos casos de homicídios e violência que sofrem, falar da exclusão no que diz respeito a ações afirmativas e a efetiva garantia de direitos estabelecidos por lei para a população negra mesmo depois da absolvição há mais de meio século.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...