Acusada de ‘stalking’, policial civil do DF é presa novamente após furar pneus de carro e esfaquear ex-namorado

Foi presa nesse domingo (28), a agente da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) Rafaela Luciene Motta Ferreira, de 40 anos, suspeita de danificar os pneus do carro do ex-namorado e esfaqueá-lo. O crime aconteceu em frente a casa da vítima, localizada na Asa Norte, durante a madrugada.

A agente de polícia é reincidente nesse tipo de crime que envolveu antigos parceiros amorosos e já chegou a ser presa pelo menos três vezes. Rafaela foi presa em agosto acusada de “stalking” (perseguição, em inglês), ao tentar impedir o depoimento de um outro ex-namorado à corregedoria da Polícia Civil.

A Polícia Civil emitiu uma nota onde esclarece que Rafaela”responde por Processo Administrativo Disciplinar (PAD) na Comissão Permanente de Disciplina (CPD), a diversos procedimentos na Corregedoria Geral de Polícia (CGP) e está afastada das funções por licença médica”. As armas da agente de polícia foram recolhidas, segundo a corporação.

A policial foi até o endereço da vítima nesse domingo e no estacionamento furou os pneus de dois veículos dele, informou a Polícia Civil. Ao perceber a ação, o homem foi até o local para conter a mulher. O ex-namorado de Rafaela conseguiu derrubá-la, mas levou duas facadas e uma mordida no peito, segundo informações da polícia. Felizmente o homem conseguiu conter a mulher até a chegada da PM.


A agente disse que foi agredida. Após a ação, ela foi encaminhada à 2ª Delegacia de Polícia, na Asa norte, onde assinou um termo circunstanciado de ocorrência e foi liberada na sequência.

O ex-namorado de Rafaela disse que já registrou “várias” ocorrências contra a policial, inclusive por ela já ter furado pneus dos carros dele. O homem recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros, após apresentar cortes superficiais. O caso foi registrado como crime de lesão corporal e dano.

A agente de polícia já chegou a ser presa no dia 3 de agosto, após invadir a Corregedoria da Polícia Civil para tentar impedir o depoimento de um ex-namorado. A mulher foi liberada no mesmo dia, após assinar um termo circunstanciado. Entretanto, a Justiça determinou a prisão preventiva da agente três dias depois e posteriormente ela foi solta.

O crime conhecido como ‘stalking’ se caracteriza quando uma pessoa persegue outra seja no online ou no mundo físico. Foi sancionada uma lei, no mês de abril, que inclui no Código Penal o crime de perseguição, conhecido também como “stalking”. A pena é de 6 meses a 2 anos de prisão, mas pode chegar a três anos com agravantes, como crimes contra mulheres.

Da redação do Acontece na Bahia


Ver completo...

Ganhador da Mega-Sena é preso por não pagar pensão alimentícia

Uma notícia tem sido alvo de muitos comentários nas redes sociais nesta quarta-feira (24). Um sortudo ganhador de um prêmio milionário da mega-sena em 2001, teve a prisão decretada pelo juiz Flávio Luís Dell’Antonio, titular da comarca de Tangará (Santa Catarina). O homem foi parar atrás das grades por não pagar pensão alimentícia no valor de R$ 160 mil.

Segundo o magistrado, o homem disputou judicialmente por cerca de seis anos o prêmio milionário com outro homem. Um acordo realizado entre eles, em 2007, pôs fim ao litígio e os R$ 27 milhões do prêmio foi dividido entre eles. À época, o prêmio corrigido ultrapassava R$ 40 milhões.

O homem continua preso até quitar as três parcelas devidas até junho, além das posteriormente vencidas. Os valores sofrem reajustes e são atualizados com juros e correção monetária. A Justiça não informou que é o beneficiário da pensão alimentícia.

A falta ou o atraso no pagamento da pensão alimentícia pode ensejar na negativação do nome em instituições financeiras de crédito, inviabilidade de empréstimos e emissão de cheque, e na prisão do devedor, entre outras consequências.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

PF diz que deputado Daniel Silveira tentou pular muro de residência para escapar de nova prisão

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (25). De acordo com a Polícia Federal (PF), o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), tentou pular o muro de sua casa para escapar da polícia em razão de ter em seu desfavor um novo mandado de prisão expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), nessa quarta-feira (23). Os agentes federais confirmaram a versão que Daniel Silveira voltou para a residência quando encontrou um agente.

De acordo com informações, o deputado violou 36 vezes as regras de uso da tornozeleira eletrônica descumprindo determinação da justiça. Daniel Silveira foi preso em fevereiro deste ano em cumprimento a mandado de prisão expedido pelo ministro Alexandre de Morais por publicar vídeos defendendo o retorno do AI-5 e fazer ataques a ministros do STF.

O parlamentar defende que é um preso político segundo nota divulgada por seus advogados.“Seu caso já passou da hora de ser tratado nos organismos internacionais de defesa aos direitos humanos. Ele é um preso político e assim deve ser tratado”, alega o advogado André Rios que defende o parlamentar.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Seabra: PRF prende mulher com 5 kg de pasta base de cocaína avaliada em R$ 600 mil

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (17). A Polícia Rodoviária Federal (PRF), prendeu nesse sábado (15) uma mulher de 43 anos com quase 5 kg de pasta base de cocaína. A apreensão dos agentes da PRF aconteceu em Seabra, cidade que fica localizada a 474 km de Salvador.

A PRF fez uma vistoria em um ônibus de transporte de passageiros e durante a fiscalização os policiais subiram no ônibus e notaram uma das passageiras com nervosismo incontrolável. Os agentes decidiram fazer uma fiscalização na bagagem da passageira e descobriram os tabletes do entorpecente escondidos em uma sacola. A droga que pesou 4,88 kg foi avaliada em R$ 600 mil. Mas não é só isso…

A polícia informou que a mulher havia recebido a droga em Goiânia, Goiás, e entregaria em Alagoas, Sergipe. A mulher ainda disse que receberia R$ 2,5 mil pela entrega do entorpecente. De acordo com a polícia, a pasta base de cocaína tem grande valor no mercado por ser fruto do beneficiamento da folha de coca.

De acordo com as investigações, a mulher tem passagem na polícia por tráfico de drogas. Após a prisão em flagrante, a mulher foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Judiciária onde ficará a disposição da justiça.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...