Casal morto em motel de Capim Grosso é identificado pela polícia

O casal que foi assassinado na madrugada desta quinta-feira (08/06), em um motel localizado na BR 324 na zona rural da cidade de Capim Grosso já foi identificado pela polícia. Trata-se de Jonathan Sousa Martins dos Santos, 21 anos, e Laura Tamires Gonçalves de Deus, 29 anos, ambos moradores da cidade de Jacobina.

De acordo com as investigações, há suspeitas de que Jonathas (e outra pessoa) se envolveu como autor de um homicídio no mesmo dia em que foi vitimado. Informações preliminares atestam que a falecida tinha registro por tráfico de ilícitos entorpecentes. Pelos acontecimentos, evadiram da cidade do ouro e buscaram um motel em Capim Grosso, possivelmente em rota de fuga. O casal teria chegado ao Motel por volta das 20hs da quarta-feira, em uma caminhonete, conduzida por alguém próximo.

Por volta das 01:00hs da madrugada, um outro veículo chegou ao Motel e pediu permissão pra ir ao quarto onde estava Jonathan e Tamires.Segundo a recepção do Motel, após interfonar para o quarto, foi autorizada a entrada do carro. Após alguns minutos, houve vários disparos. O veículo saiu depressa com ameaças à recepção pedindo que abrissem o portão com urgência. Em seguida o funcionário foi até o quarto já encontrou o casal assassinado. Mas não é só isso…

De imediato foi acionada a polícia para as providências legais, que ao chegar no quarto os policiais encontraram uma criança de cerca 2 anos de idade que foi encaminhada ao Conselho Tutelar. Tem-se informações que mais um foi vitimado no dia de hoje (quinta), no povoado de Itaitu, Jacobina, por conta da relação com os fatos referidos. Todos os envolvidos são do município de Jacobina.

Da redação do Acontece na Bahia

Fonte: Blog do Ril de Beto, Com informações de FR Notícias

Ver completo...

“Eu vou morrer, mas vou levar vocês”, disse Lázaro antes de morrer em confronto com a polícia

Policiais do Grupo Tático Ambiental contaram que Lázaro Barbosa (foto em destaque), 32 anos, teria trocado tiros quando foi localizado por um helicóptero da operação, nesta segunda-feira (28/6), na região de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF. “Eu vou morrer, mas vou levar vocês”, teria dito Lázaro antes do tiroteio, segundo informações do portal Metrópoles.

A troca de tiros teria sido contra policiais que estavam no helicóptero. Após Lázaro Barbosa ser morto durante confronto com as forças policiais, na manhã desta segunda-feira, a população do distrito de Girassol, no município de Cocalzinho de Goiás, recebeu a notícia com muito alívio e alegria.

Os policiais que participaram da caçada ao criminoso durante 20 dias foram aplaudidos na base da força-tarefa. As pessoas ainda soltaram fogos em comemoração ao término das buscas ao foragido.

Estamos felizes demais. Eram 20 dias de angústia. Sem dormir. Preocupados. Eles são guerreiros. Merecem todo o nosso apoio pela dedicação. Agora é hora de comemorar”, disse Larissa Alves, 34, moradora da região.

Gostaríamos que ele fosse pego vivo. Ele precisava esclarecer os outros crimes. De qualquer forma, estamos aliviados. Esperávamos que fosse capturado o mais rápido possível. Estávamos acuados. Agora teve desfecho”, Cristiane Soares, 39, comerciante da região.

Durante a madrugada desta segunda, câmeras de segurança flagraram Lázaro andando por uma rua perto da casa da ex-sogra, em Águas Lindas. Nas primeiras horas da manhã, agentes cercaram o local. Após a mobilização de cães farejadores e helicópteros, o psicopata foi localizado, mas não se rendeu e abriu fogo contra a guarnição, que revidou.

Lázaro é suspeito de matar Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43, esposa de Cláudio e mãe das outras vítimas. O crime ocorreu na madrugada de 9 de junho, no Incra 9, em Ceilândia.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Lázaro Barbosa é morto em confronto com a polícia; teria tentado visitar o filho antes de ser encontrado pela força-tarefa

Uma notícia tem repercutido em todos os jornais nesta segunda-feira (28). Morreu na manhã desta segunda-feira o fugitivo Lázaro Barbosa, após ter sido encontrado e oferecido resistência a abordagem feita pelas forças de segurança. Entretanto, a Secretaria de Segurança Pública do estado não confirmou oficialmente a morte de Lázaro.

Momentos antes o governador Ronaldo Caiado havia comunicado a prisão do suspeito de ter cometido vários crimes na região. Os moradores da localidade de Cocalzinho de Goiás festejaram a morte de Lázaro Barbosa, que havia cometido crimes e mantido outras pessoas reféns.

De acordo com informações da polícia, o fugitivo havia ido a casa da ex-sogra com o objetivo de se encontrar com o filho, na cidade de Águas Lindas de Goiás, momento em que foi encontrado pelas forças de segurança que estavam no local. Mas não é só isso…

As informações ainda não oficiais apontam que Lázaro conseguiu fugir da residência e ao encontrar a polícia trocou tiros. O fugitivo ainda recebeu atendimento e foi levado para um hospital, mas não resistiu e veio a óbito. Em um vídeo publicado é possível perceber o fugitivo sendo colocado em uma ambulância com os agentes policiais comemorando a captura.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Mundo Novo: Polícia encontra o corpo do professor Maikon Barros que estava desaparecido desde abril

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (14). O desaparecimento do professor Maikon Wesley Evangelista Brito de Barros, foi comunicado à Delegacia de Polícia de Mundo Novo no dia 7 de abril. A família do professor contou naquela ocasião que Maikon tinha sido visto pela última vez no bairro Portelinha, na cidade de Mundo Novo.,

As autoridades começaram o trabalho de investigação diante do registro do desaparecimento do professor. Trinta e seis dias depois, as investigações comandadas pelo delegado Atilano Teixeira Campos, chegou a um dos coautores do crime que foi preso na quarta-feira (12). O suspeito levou os agentes ao local onde o corpo de Maikon foi enterrado. Mas não é só isso…

O Departamento de Polícia Técnica foi até o local e removeu um corpo que foi encaminhado ao Instituto Médico legal de Itaberaba para que pudesse ser realizada perícia para identificação da vítima. Após análise a equipe do DPT informou que o corpo encontrado seria o de Maikon Wesley Evangelista Brito de Barros.

O suspeito foi preso em flagrante depois de ter confessado o crime e reponderá pela morte do professor que estava desaparecido desde o dia 6 de abril.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Polícia apreende adolescentes acusados de envolvimento na morte de garoto autista

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (10). Agentes policiais da Delegacia Territorial (DT), de Itambé, apreenderam nessa sexta-feira (7), os dois adolescentes de 15 anos, suspeitos de envolvimento na morte cruel de um adolescente autista, no município de Itambé, cidade que fica localizada a 575 km de distância de Salvador.

As investigações policiais apontaram que o crime teria sido motivado por supostos desentendimentos existentes entre os acusados e a vítima que foi identificada como Isaac Dias da Silva que tinha 15 anos. Foi verificado pelas investigações que os suspeitos e a vítima tinha um largo histórico de desavenças, disse o coordenador da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itapetinga), delegado Roberto da Silva Júnior.

O mandado judicial foi expedido pela Vara da Infância e Juventude de Itambé o qual já foi cumprido. Depois de apreendidos, os adolescentes foram encaminhados para internação em uma Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case).

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...