Nova pesquisa eleitoral aponta o ex-presidente Lula com vantagem sobre Bolsonaro em 2022

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (30). Uma pesquisa feita pelo Paraná Pesquisas e divulgada nessa quinta-feira (29), mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com um aumento de vantagem em um possível segundo turno contra Jair Bolsonaro (sem partido), nas eleições de 2022.

Segundo a pesquisa, em um confronto direto Lula passou de 40,2% das intenções de voto no mês de junho para 43,3% em julho. A pesquisa mostrou que nenhum/ branco/ nulo são 15% (15,3% em junho) e não sabe/não respondeu 3,4% (4,4% em junho).

O petista aparece, segundo a pesquisa, com menor rejeição e maior potencial de voto que o atual presidente. A pesquisa mostrou que 46,7% não votariam em Lula de jeito nenhum e com Bolsonaro esse percentual é de 53,3%. Dos entrevistados, 25,8% disseram que poderiam votar em Lula. Já com Bolsonaro, este índice é de 19.1%. A pesquisa mostrou que os dois nomes aparecem empatados em certeza de voto: 26,8% para Bolsonaro e 26,7% para o petista. De acordo com a pesquisa, o desconhecimento de ambos é inferior a 0,5%.

A pesquisa também analisou o nome do apresentador José Luiz Datena em uma disputa para 2022.A pesquisa que foi contratada pelo PSL, mostrou que Datena fica atrás somente de Lula e Bolsonaro que apresentam larga vantagem.

Foram ouvidas 2.010 pessoas entre os dias 24 e 28 de julho, em 26 estados e também no Distrito Federal, com uma margem de erro de 2% para os dados apresentados.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

‘Já tá certo quem vai ser presidente ano que vem. A gente vai deixar entregar?’,diz Bolsonaro ao comentar pesquisa eleitoral

Uma notícia tem gerado certa polêmica nas redes sociais nesta sexta-feira (9). O presidente Jair Bolsonaro falou nesta sexta-feira sobre a conclusão das pesquisas eleitorais que indicam vitória do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), nas eleições presidenciais em 2022. Na ocasião o presidente questionou: ‘‘ A gente vai deixar entregar?’’

Já tá certo quem vai ser presidente o ano que vem. A gente vai deixar entregar?”, indagou Bolsonaro em conversa com seguidores na saída do Palácio da Alvorada. “A cada dia que passa, vocês estão se conscientizando. Não se justifica. Então, nós temos que conscientizar quem tá do nosso lado. Se as eleições fossem honestas, por causa da tecnologia, por que o mundo não adota? Tá na cara que aqui é voltar a quadrilha de sempre para o poder.”

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), nessa segunda-feira (5), mostra Lula com 41,3% das intenções de voto enquanto o presidente Bolsonaro aparece com 26,6%.

Empatados na terceira posição está o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o ex-juiz Sergio Moro (sem partido), com 5,9% das intenções de voto.

João Doria, governador de São Paulo, apareceu com 2,1% das intenções enquanto o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta teve 1,8% das intenções de voto. Na pesquisa os indecisos somam 7,8% e os votos brancos ou nulos 8,6%.

De acordo com a pesquisa apresentada pela CNT, em um confronto no segundo turno o ex-presidente Lula se elegeria com 52,6% das intenções de voto enquanto Bolsonaro teria 33,3% das intenções.

 

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Pesquisa CNT mostra Lula com 41,3% e Bolsonaro com 26,6% das intenções de voto

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta segunda-feira (5). O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), tem 41,3% das intenções de voto e aparece à frente da corrida presidencial pra 2022, de acordo com pesquisa eleitoral divulgada nessa segunda-feira (5), pela Confederação Nacional do Transporte (CNT).O presidente Jair Bolsonaro aparece em segundo com 26,6%, Sérgio Moro e Ciro Gomes empatados com 5,9% e João Doria com 2,1%.

Segundo a pesquisa, brancos, nulos e indecisos somam 16,4% das intenções de voto. Durante a pesquisa são apresentadas as opções de candidatos ao eleitor que analisa a sua intenção de voto. De acordo com a CNT foram realizadas 2.002 entrevistas presenciais em 137 cidades de 25 estados. A pesquisa apresenta uma variação de erro de 2,2 pontos percentuais.

A pesquisa apontou a avaliação do eleitorado sobre o governo federal: 41,2% acham ótimo, 30,3% regular e 48,2% péssimo. Com relação a expectativa para os próximos três meses, 36% acham que vai melhorar, 40% bom e 31,1% igual. Mas não é só isso…

Segundo a pesquisa a avaliação do eleitor com relação às ações desenvolvidas pelos governos federal e estaduais durante a pandemia. 57% aprova, 57,2% desaprova as ações.

A pesquisa ainda mostra o que acha o eleitor com relação a utilização da urna eletrônica. 32,9% acham que tem confiança (elevada), 30,8% confiança moderada e 15,8% confiança baixa e 18,7% sem confiança.

Foram ouvidas 2.002 pessoas em 137 cidades de 25 unidades federativas e a margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais com um nível de confiança de 95%.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...