Flordelis poderá pagar R$ 800 mil de indenização por danos morais a família do pastor Anderson

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (5). A deputada federal Flordelis (PSD-RJ), acusada de ser a mandante da morte do pastor Anderson, poderá pagar uma indenização por danos morais no valor de R$ 800 mil para o pai, a irmã e a tia do pastor Anderson do Carmo.

Os familiares do religioso entraram com uma ação na Justiça do Rio pedindo reparação. Os advogados da família emitiram uma nota afirmando que o valor seria dividido entre os três familiares: R$ 500 mil para o pai, Jorge de Souza; R$ 200 mil para a irmã, Claudia Souza; e R$ 100 mil para a tia, Nádia Henrique.

Também foi pedido pelos parentes que fosse feito o bloqueio dos bens de Flordelis e de 30% do seu salário como deputada. A juíza Daniela Rodrigues Alves, da 1ª Vara Cível da Regional da Região Oceânica, indeferiu este pedido. Mas não é só isso…

A decisão da juíza foi baseada no fato de que existem provas que ainda precisam ser analisadas e portanto não se pode fazer o bloqueio de bens nessa situação. Foi fixado um prazo de quinze dias para que Flordelis apresente defesa para este caso.

Flordelis é acusada de ter arquitetado o assassinato do pastor Anderson do Carmo que aconteceu em junho de 2019.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...