Viúva e mãe de MC Kevin trocam farpas e param de se seguir nas redes sociais após discussão por herança

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta quinta-feira (15). A viúva de MC Kevin, Deolane Bezerra, e a mãe do cantor, Valquiria Nascimento, trocaram farpas por meio do Instagram e pararam de se seguir. O desentendimento entre elas aconteceu dois dias após a mãe do artista se posicionar em defesa de Deolane em relação a herança deixada por Kevin, que faleceu ao cair do 5º andar de um hotel em que estava hospedado na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Ficam falando que ela pega o dinheiro do Kevin. Que dinheiro? Ninguém pegou um real ainda”, disse, afirmando que se faz necessário “pegar um inventário para conseguir qualquer coisa”. Mas não é só isso…

Valquiria Nascimento afirmou em entrevista recente à Record, que não há briga judicial pela herança do cantor. Segundo Valquiria, a herança de Kevin ficará com a filha Soraya, que tem apenas 5 anos. ‘‘Não tem briga pela herança, não tem briga com a mulher dele. Eu amo a mulher dele. Tudo o que o Kevin tem de herança são as obras dele e tudo o que é do Kevin é da filha dele, né?’’

Da redação do Acontece na Bahia

 

Ver completo...

Ator Alexandre Borges decidiu largar tudo para se dedicar aos cuidados da mãe com Alzheimer

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (3). O ator Alexandre Borges, tem mostrado seu amor de filho ao largar tudo para cuidar da sua mãe, dona Rosa, que possui Alzheimer e sofreu um AVC. Alexandre Borges contou que assumiu os cuidados de dona Rosa, em participação no Mais Você nessa sexta-feira (2), e aproveitou também a ocasião para falar sobre Jacques Leclair, personagem de Tititi, novela em reprise no Vale a Pena Ver de Novo.

Eu sou filho único. Vejo a ordem natural da vida. Antes de começar o isolamento social eu já estava cuidando da minha mãe em Santos. Ela teve um AVC e começou a desenvolver Alzheimer e aí eu decidi largar tudo, para cuidar dela”, disse o ator.

As tarefas domésticas também estão na responsabilidade do ator que disse ter se mudado para Santos, litoral de São Paulo.“Cozinho pra ela, cuido dos medicamentos dela. São momentos que você vê a finitude, numa fragilidade você olha e vê como é o corpo humano, como é a gente ter lucidez, andar com as próprias pernas. Cuido da minha mãe, dou banho, troco fralda, cozinho pra ela”, contou. Mas não é só isso…

Alexandre Borges ficou emocionado ao lembrar que, há um ano e meio vive para ajudar a mãe. “Parei e disse: ‘Vou fazer as coisas para ela’. Ela é a mulher que me deu a vida, é uma pessoa muito grata à vida, sempre vê o lado bom das coisas”, concluiu.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

‘A dor é cada dia pior’, desabafa a mãe de Lázaro que não acompanhará o enterro do filho

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quarta-feira (30). Eva Maria de Souza, 51 anos e mãe de Lázaro Barbosa, afirmou ao portal Metrópoles que não tem condições psicológicas de acompanhar o enterro do filho. Eva, que mora em Barra do Mendes, cidade localizada a 540 km de Salvador, disse que está muito abalada e sem condições emocionais de viajar para acompanhar o sepultamento do filho.‘‘A dor é cada dia pior’’, desabafou.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia, GO, o corpo de Lázaro Barbosa já está liberado, porém a retirada é feita exclusivamente por um parente de primeiro grau. Mas não é só isso…

Zilda Maria de Souza, tia de Lázaro, informou que o advogado Wesley Lacerda está cuidando dos trâmites burocráticos. O advogado disse à reportagem que tem auxiliado à família neste momento difícil por caridade.“Optaram por fazer uma cerimônia fechada e somente para familiares. A data e o local não serão divulgados”, disse o advogado.

Lázaro Barbosa morreu após entrar em confronto com as forças de segurança que estavam há 20 dias tentando capturá-lo. Foi mobilizada uma força-tarefa composta por mais de 270 homens que se revezavam naquela região fazendo bloqueios nas estradas e buscas na mata tentando localizar o fugitivo. Nessa segunda-feira (28), Lázaro foi localizado e entrou em confronto com a polícia numa região de Águas Lindas, GO. Após a troca de tiros o fugitivo foi atingido, chegou a receber atendimento, mas veio a óbito momentos depois.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Itiúba:‘Nunca mais dormi’, desabafa mãe de menino desaparecido há três meses

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta terça-feira (29). Lilia Lima, 39 anos, mãe do pequeno Davi Lima Silva, de 11 anos, diz que continua sem respostas, mesmo já tendo passado três meses do desaparecimento do filho, que aconteceu na zona rural de Itiúba, no norte da Bahia. De acordo com Lilia, Davi desapareceu após ter saído da casa de uma tia e ter seguido em direção à casa da avó, no povoado de Varzinha.

Lilia conta que mora em Salvador e foi a Itiúba com o objetivo de visitar a família.“A gente mora em Salvador, sempre morou em Salvador, e só ia para lá para passar Natal, Ano Novo, Páscoa… com a família”, comentou Lilia. A fotógrafa conta que não tem conseguido dormir a noite e não tem se alimentado direito.

Até agora eu me pergunto todos os dias, todas as noites… Eu nunca mais dormi, nunca mais me alimentei, meu filho dormia abraçado comigo. Ele só dormia comigo”, contou Lilia Lima.“É tudo muito estranho, é tudo muito estranho… Até agora eu não consigo explicar. É muito triste”.

Lilia Lima contou que desde o desaparecimento de Davi ela tem ido toda semana a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), em busca de respostas e sempre escuta que o caso está sendo mantido em sigilo. “Falam que é sigilo e não podem falar até o momento, porque pode atrapalhar o andamento da investigação”, disse a mãe de Davi.

É só isso que eles passam para a gente. Toda semana eu vou na Secretaria Pública de Segurança, e a delegada passa essa informação para mim. A entidade daqui (Salvador) cobra a de lá (Itiúba), e eles falam a mesma coisa: que não pode falar, que estão trabalhando, buscando uma forma, e pediram mais um prazo de 30 dias para continuar as investigações”.

Lilia conta que o fato de não saber o que aconteceu faz a angústia só aumentar.“Eu não consigo entender esse sigilo, esse prazo que eles vão dando, porque era 30, depois 60, já foi 90 e mês que vem completa 120 dias. É uma angústia que não termina, muito difícil”, lamentou.

Eu nunca deixei meu filho nem no condomínio onde a gente mora. Meu filho não brincava, só porque eu não deixava. Nem eu, nem o pai. Nem com todas as câmeras do condomínio que a gente mora, o único lugar que eu deixava ele era com minha irmã e com minha mãe”, contou Lilia, afirmando que os pais sempre observavam a rotina de Davi.

Lilia explica que no dia do desaparecimento, Davi estava sendo cuidado por uma tia, em razão dela estar fotografando uma gestante.“Nunca deixei ele sozinho. No dia que ele desapareceu, ele estava com minha irmã. Eu deixei ele com ela, para fotografar, e em menos de duas horas ela simplesmente me disse que ele tinha desaparecido, que correu e desapareceu”, disse. Mas não é só isso…

A mãe de Davi conta que o filho não conhecia muitas pessoas no local em razão de não morar ali.“Davi só brincava com um amiguinho e dois primos, porque a gente não morava no interior, a gente foi para lá para passear, então ele não tinha amizade lá”, contou.“Ele não tinha amiguinhos, não tinha costume de ir para casa de ninguém, porque ele não tinha amizades em Itiúba”.

A tia conta que no dia do desaparecimento, Davi estava agitado e usava uma camisa de cor cinza e um short estampado.“O trajeto da casa de minha irmã para a casa de minha mãe ele sabia. Tantas vezes eu já mandei ele ir, ficava olhando e via ele chegar. Ainda falava que Davi estava indo”, contou a mãe de Davi.

De acordo com a família uma pessoa teria ouvido gritos de socorro em uma região de mata, na localidade de Laje da Cruz, em Itiúba. Porém como essa pessoa não sabia do desaparecimento, não averiguou.

Segundo a polícia, investigações feitas apontam que a criança foi levada por um automóvel. Uma busca com um cão farejador deu resultado negativo para cadáver no local onde possivelmente o menino poderia ser encontrado. De acordo com a polícia já foram ouvidas testemunhas e suspeitos e a investigação ainda está em andamento, em sigilo.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Após ver a filha em desfile para escolha da rainha da Festa da Uva, mãe de candidata tem mal súbito e morre, em Caxias

Uma triste notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (28). Isto porque a mãe da jovem candidata a soberana da ‘Festa da Uva’ Bruna Mallmann, Maria de Lourdes Mallmann, veio a óbito nesse sábado (26). A mulher estava no UCS Teatro para acompanhar o desfile da filha no evento que escolheria a rainha e as princesas da edição 2022 da Festa da Uva.

Após acompanhar o desfile da filha, Maria não se sentiu bem e recebeu atendimento ainda no local por médicos que estavam presentes. Maria começou a passar mal no momento que desfilava Débora Scopel Moreira, terceira candidata a se apresentar no palco.

Foi solicitado uma equipe para atender a ocorrência e prestar atendimento a Maria. Todos os procedimentos de reanimação foram feitos e duraram cerca de 40 minutos no interior do UCS Teatro. Maria foi encaminhada ao Hospital do Círculo em uma maca às 21h40min. O falecimento de Maria foi confirmado pela assessoria do evento às 22h45min.

A organização da ‘Festa da Uva’ lamentou a morte de Maria de Loudes Mallmann por meio de nota.“Expressamos à família de Maria de Lourdes nossos mais profundos sentimentos por esta triste fatalidade. Estamos todos unidos para prestar todo o apoio à Bruna e sua família neste momento de tanta tristeza. O concurso foi cancelado. Uma nova data será anunciada”.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Homens invadem sítio e tiram a vida de mulher de 58 anos no lugar do filho, em Fortaleza

Uma notícia repercutiu nas redes sociais neste domingo (27). Um crime bárbaro aconteceu na noite desse sábado (26), em Caucaia, Fortaleza, envolvendo uma mulher de 58 anos que foi morta à facada. Os criminosos, no entanto, procuravam o filho da mulher.

De acordo com informações de policiais do 12º Batalhão da Polícia Militar que estiveram no local, há o relato que pelo menos três homens estiveram no sítio onde a vítima residia, na região de Urucutuba, e procuravam pelo filho dela. Mas não é só isso…

Os acusados não localizaram a pessoa que procuravam e resolveram matar a mãe. A vítima foi golpeada por faca na região da cabeça e pescoço e veio a óbito ainda no local. Segundo informações da polícia, a pessoa que estava sendo procurada pelos três homens tem envolvimento com o crime e possivelmente tinha dívidas com o tráfico de entorpecentes.

O crime está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa da Polícia Civil do Estado (DHPP), que procura saber quantas pessoas estão relacionadas com este crime.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

‘Fiquei arrasada’, diz mãe de Lázaro Barbosa ao confirmar que chacareiro conhecia o seu filho

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (26). A mãe do serial killer Lázaro Barbosa, 32 anos, disse em entrevista que o filho conhecia o proprietário da chácara preso pela polícia acusado de possibilitar e acobertar à fuga do suspeito. A polícia prendeu nessa quinta-feira (24), Elmi Caetano Evangelista, 74 anos, e o caseiro Alain Reis de Santana, 33 anos, acusados de acobertar o criminoso.

Fiquei arrasada com a prisão do seu Elmi. Ele fez isso [deu cobertura a Lázaro] porque é ser humano. Seu Elmi não tem o coração do Satanás; o coração dele é do Senhor”, contou Eva, que se mudou para a cidade de Barra do Mendes, na Bahia, depois do caso ter tanta repercussão na imprensa. A mãe de Lázaro faz um apelo para que ele se entregue e afirma que isso só não aconteceu ainda porque o filho tem receio de ser morto.

Nas cartas que ele deixou, ele fala que não se entrega porque a polícia só quer matar. Como mãe, falo pra ele se entregar e não fazer mais nada com ninguém. Pense em seus filhos, eles precisam de você e te amam.”

A mãe de Lázaro também acredita que o filho não conseguiria cometer a chacina no Incra 9, em Ceilândia, sozinho.“A polícia tem que parar de pensar assim, porque ele [Lázaro] diz que não fez a chacina sozinho, ficam atrás dele e os outros ficam aprontando”, contou, sem entretanto dizer quem são os demais envolvidos na chacina.

O caseiro Alain disse em seu depoimento à polícia que Lázaro estava na propriedade e fazia as refeições diariamente com a permissão de Elmi. Disse ainda que a mãe do fugitivo havia trabalhado como caseira para Elmi, na ocasião em que Lázaro estava na cadeia. Alain informou que Elmi ajudava financeiramente a família de Lazaro..

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

‘Foi embora um pedaço de mim’, desabafa mãe de MC Kevin lamentando a morte do filho

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (17). A mãe do funkeiro MC Kevin, Valquiria Nascimento, usou as redes sociais para lamentar a morte do filho que aconteceu nesse domingo (16). O cantor faleceu após cair do 5º andar de um hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Esta foi a última foto que você me mandou, meu filho. Hoje foi embora um pedaço de mim. Poxa, filho, tínhamos tantos planos, tanta coisa para fazer ainda juntos, não acredito que você me deixou”, comentou Valquiria na legenda da publicação. Mas não é só isso…

A mãe de MC Kevin lamentou a morte do filho a quem chamou de o ‘‘homem da casa’’ e lembrou a última frase dita pelo cantor.“E agora com quem vou brigar, com quer vou acordar brava de madrugada, com quem vou pedir conselhos, com quem vou conversar? Meu filho, amigo, o homem da casa, você está levando um pedaço de mim. Tenho certeza que a partir de hoje o céu não vai ser mais o mesmo com a sua chegada aí.”

Está doendo tanto, tanto, mas tanto. Não tenho palavras. Só quero pedi pra Deus cuidar dele aí pra mim. Filho, a última coisa que você falou foi ‘mãe, eu te amo’. Eu também quero te dizer, filho, eu amo vc. Obrigada por tudo, mas tudo mesmo. Te amo até o último dia da minha vida”, desabafou.

O cantor estava hospedado em um hotel próximo à praia da Barra da Tijuca e caiu do 5º andar do prédio. Foi atendido inicialmente pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado a hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...

Em caso parecido com o do garoto Henry, Mãe é suspeita de agredir filho de 3 anos até a morte em São Paulo

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de terça-feira (11). A Polícia Civil investiga mais um suposto caso de agressão e morte de crianças similar ao do garoto Henry. Porémm desta vez a vítima foi o garoto Gael de Freitas Nunes, de 3 anos, que supostamente teria sido espancado pela própria mãe até a morte.

O caso ocorreu na última segunda-feira (10) na Bela Vista, na região central de São Paulo. O garoto chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com as investigações, o garoto teria sido encontrado desacordado pela tia-avó ao lado de sua mãe. Ainda de acordo com as informações, a mulher teria passado por um surto psicótico e agredido a criança.

Segundo o depoimento da tia-avó, ela escutou barulho de choro vindo da cozinha, porém, acreditou que seria apenas o garoto pedindo colo. Posteriormente, ouviu som de batidas na parede, mas acreditou que estaria vindo de outro apartamento.

No entanto, quando ela ouviu o som de vidro se quebrando cozinha, ela levantou e foi averiguar o que acontecia no cômodo. Ao chegar lá, ela se deparou com a criança deitada no chão com vômito e coberta por uma toalha de mesa.

A mãe da criança foi levada a um hospital psiquiátrico, onde passará por avaliação. Já o garoto Gael foi encaminhado para um hospital, onde foi constatado a morte.

A 1ª Delegacia de Defesa da Mulher está à frente do caso e afirma que a mãe do menino foi encontrada em estado de choque e levada para um hospital psiquiátrico.

Da redação Acontece na Bahia.

Ver completo...