Homem suspeito de estelionato aplicava o ‘golpe do Dom Juan’ em mulheres solteiras em Fortaleza

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (12). Foi preso pela polícia nessa sexta-feira (7), um homem identificado como Ítalo Rodrigues Alves, 33 anos, acusado de usar o‘‘golpe do Dom Juan’’ contra mulheres solteiras que tinham patrimônio. O homem tinha como objetivo obter vantagens financeiras das mulheres e abrir empresas em nome de suas vítimas. Depois que o estelionatário tinha o fruto do crime em suas mãos desaparecia sem deixar rastros.

As investigações apontaram que o suspeito pretendia abrir uma empresa em Fortaleza, dentro da Rodoviária Engenheiro João Tomé.“Ele escolhia as vítimas por meio das redes sociais e de sites de relacionamento”, contou o delegado Rommel Kerth, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF). Ítalo, que é natural de Rondônia, foi para Fortaleza em busca de novas vítimas após ter defraudado pessoas em Porto Velho e Natal (RN).

O homem foi denunciado por no mínimo cinco mulheres pelo crime de estelionato. Ítalo se vestia com roupas de grife e chegou a participar de um programa de televisão no Rio Grande do Norte, onde conheceu algumas mulheres. “Ele ia peneirando até escolher uma pessoa que seria um alvo de interesse dele para se aprofundar na relação”, contou o delegado. As investigações continuam e a polícia procura por novas vítimas do suspeito além de pedir que possíveis vítimas do estelionatário façam denúncias. Mas não é só isso…

Ítalo Rodrigues é foragido do estado de Rondônia pelo crime de estelionato e tinha praticado crimes em vários estados do Brasil. De acordo com as informações, o homem faturou com apenas uma vítima cerca de R$ 35 mil. O suspeito foi encaminhado à DDF onde ficará a disposição da Justiça.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...