‘A gente tem que valorizar mais’, desabafa Marta após eliminação do futebol feminino em Tóquio

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (30). A derrota para o Canadá nos pênaltis por (4×3) fez o futebol feminino brasileiro dá adeus ao sonho do ouro Olímpico em Tóquio. Com a eliminação inesperada na partida que valeria vaga para a semifinal, Marta que é umas das principais jogadoras do Brasil, comentou a derrota e pediu para não apontarem o dedo para ninguém.

‘‘Senti que a gente começou muito bem no jogo, tivemos possibilidade de até abrir o placar… Faltou um pouquinho mais de paciência no terço final do campo”, contou Marta.

“Algumas situações a gente poderia ter aproveitado melhor, até mesmo na prorrogação porque nitidamente elas (canadenses) estavam mais cansadas que a gente, mas é coisa do futebol. São coisas que acontecem e às vezes nem sempre o melhor ganha né?! E agora é pensar no futuro”, disse, após o empate em zero a zero no tempo normal e na prorrogação.

A jogadora disse que é preciso apoiar o futebol feminino.”Agora é continuar apoiando as nossas meninas, apoiando a modalidade porque o futebol feminino não acaba aqui, o futebol feminino continua e eu espero que as pessoas tenham essa consciência e que não saiam apontando o dedo para ninguém”, pontuou.

“Aqui não tem culpado ou o que faltou ou deixou de fazer, fizemos o que estava em nosso alcance, não faltou nada, o que faltou foi a bola entrar. Eu estou muito feliz, muito orgulhosa da equipe, muito orgulhosa de tudo que a gente viveu. Obviamente que fica aquele gostinho de que poderia mais”, concluiu Marta.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...