Mulher que foi envenenada pelo marido com substância comprada pela internet morre em MG

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (8).Gisele Lidiane da Silva Rocha Queiroga, 37anos, que havia sido envenenada pelo marido no mês passado, morreu nessa sexta-feira (7), em Belo Horizonte, onde fazia tratamento para desintoxicação de dietilenoglicol. O corpo de Gisele foi liberado às 11h, de acordo com o serviço funerário. Mas não é só isso…

As investigações apontaram que o companheiro de Gisele havia comprado a substância pela internet e pago R$ 35 por ela. Kleber Pires de Queiroga, de 42 anos, colocou a substância num copo de cerveja e aguardou o momento ideal para oferecer a esposa. Gisele tomou a substância em 11 de abril e dois dias depois procurou atendimento no hospital Mateus Leme, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Após a mulher ter uma piora em seu estado de saúde ela foi transferida no mesmo dia para o Hospital Municipal de Contagem. Na sequência ela foi transferida para Belo Horizonte onde precisou ser internada em UTI, mas não resistiu às complicações e veio a óbito. O marido procurou a polícia e foi preso após confessar o crime.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...