Vitória da Conquista: morre o 4º cigano acusado da morte de dois policiais militares

Uma notícia tem circulado nas redes sociais nesta quinta-feira (15). Morreu o 4º cigano acusado de envolvimento na morte dos dois policiais militares, tenente Neves e o soldado Brito, no distrito de José Gonçalves, em Vitória da Conquista. O homem que foi identificado apenas por Morais da Silva Matos, veio a óbito nessa quarta-feira (14), após ter sido atingido por disparo de arma de fogo dentro de uma farmácia.

Segundo informações do jornalismo local, o homem que é cigano, foi atingido no centro da cidade, na Avenida Crescêncio Silveira e o momento em que o crime aconteceu foi registrado por imagens de câmeras de segurança que capturaram o alvoroço no local.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve lo local para fazer o atendimento ao homem atingido, mas a morte foi confirmada logo depois. O crime foi registrado na 77ª Companhia Independente de Polícia que apura a autoria e motivação.

Nessa quarta-feira (14), dois ciganos foram mortos na cidade de Itiruçu, em uma operação da Polícia Militar ao resistirem a abordagem policial e a voz de prisão. Os homens foram identificados como Arlan da Silva Matos e Dalvan da Silva Matos.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...