Morre no HGCA vendedora de milho que foi arrastada por caminhão quando passava pela faixa de pedestres

Uma triste notícia tem sido divulgada nas redes sociais nesta quinta-feira (15).A vendedora de milho cozido, Cleonice Maria da Silva, 34 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (14), no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) em Feira de Santana. Ela foi  atropelada  por um caminhão por volta das 15h de ontem (13), na Rua Monsenhor Mário Pessoa, próximo à praça da Igreja Matriz.

Cleonice Maria atravessava a rua com o carrinho na faixa de pedestres, quando o caminhão passou por cima dela e do equipamento, arrastando-os pela via. O corpo da mulher ficou embaixo do veículo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e prestou socorro à vítima, que foi encaminhada para a emergência do HGCA, onde não resistiu aos ferimentos.

A vendedora morava na Rua Macário Cerqueira, no bairro Muchila. Em entrevista ao Acorda Cidade, o marido da vítima, Genésio Francisco de Jesus, que também possui um carrinho de milho cozido, informou que Cleonice trabalhava há cerca de 11 anos comercializando o alimento. Ela deixou quatros filhos.

Eu estava na Marechal, quando uma pessoa me avisou que uma vendedora de milho tinha sido atropelada. Saí correndo e vi que era minha mulher que estava caída no chão. O Samu deu o socorro, mas a roda do caminhão passou por cima da coluna dela. Estou muito abalado, os meninos pequenos estão perguntando por ela”, afirmou.

O corpo da vendedora foi encaminhado para necropsia no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Da redação do Acontece na Bahia

Fonte: Acorda Cidade

Ver completo...

Caminhão cai em piscina e guincho chamado para socorrer também cai e o outro guincho acionado para resolver quebra

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta sexta-feira (7). Seria cômico se não fosse trágico o incidente que aconteceu nessa quinta-feira (6), em Cascavel. O caso chamou a atenção de muitas pessoas que estranharam a necessidade de três caminhões para resgatar um caminhão betoneira que caiu na piscina de um condomínio. O acidente aconteceu no momento em que o veículo estava realizando um serviço em rua próxima a do condomínio na região oeste da cidade. Mas não é só isso…

Foi preciso chamar um outro caminhão para fazer a retirada do caminhão-betoneira, porém este não suportou e despencou no barranco. A solução seria um terceiro caminhão que foi então chamado para dar um fim naquela situação e retirar os veículos caídos no barranco.

O terceiro veículo entretanto quebrou e não conseguiu concluir a tarefa. Informaram que o eixo cardan, árvore longitudinal de transmissão estava defeituoso e o caminhão não conseguiu realizar o resgate. A solução seria então um quarto caminhão que foi acionado para resolver o problema. Não houve relatos de vítimas, apenas danos materiais, felizmente.

Da redação do Acontece na Bahia

Ver completo...