Fundo que financia vacina russa Sputnik V ameaça processar Anvisa por difamação

Uma notícia causou burburinho nas redes sociais nesta manhã de quinta-feira (6). Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negar o pedido de liberação do uso da Sputinik V no Brasil, o fundo soberano da Rússia, principal responsável por financiar o desenvolvimento da vacina russa contra a Covid-19, quer processar a agência sanitária brasileira pelas declarações feitas ao imunizante russo.

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, o fundo russo está conversando com advogados brasileiros para avaliar as possibilidades de um processo. Ainda nos próximos dias a decisão final deve ser anunciada.

Segundo eles, a Anvisa passou dos limites quando não apenas negaram a liberação da vacina no Brasil, mas também quando afirmaram publicamente que essa vacina pode não ser segura.

O fundo, juntamente com o laboratório Gamaleya, que desenvolve o imunizante, contestou as afirmações da agência.

Da redação Acontece na Bahia.

Ver completo...