Sal grosso, para proteger a sua casa

sal-grosso-benefícios

Além de ser tempero obrigatório para aquele churrasco no final de semana. O sal grosso tem potencialidades para além do plano físico. O sal é um elemento da natureza que está associado a limpeza, ele é um dos itens mais utilizados quando o assunto é afastar impurezas e mau olhado, energias negativas, inveja e cobiça. E se você tem dúvidas sobre as formas de utilizá-lo, continue a leitura e fique por dentro dessas dicas.

Não é só como condimento que o sal poder ser usado em diversas receitas, como utensílio de proteção, o sal  também tem lugar definido. Na antiguidade já se utilizava o sal para afastar os males físicos e espirituais, na oferenda aos deuses, nos rituais de limpeza e sabedoria, das parábolas e ensinamentos, no cuidado e higienização pessoal e de lugares. O uso e conhecimento foram desenvolvidos por Egípcios, Gregos, Romanos, Árabes, e Europeus e outros povos. Assim, seu uso ganhou cada vez mais notoriedade e continua ativo até hoje.

Seu uso está atrelado a sua força mística. Seja no banho, na limpeza de ambiente, em potes de proteção da casa ou pessoal, o sal é sempre eficaz, usado em rituais e receitas do esoterismo e de simpatias para afastar as energias ruins e os maus espíritos, para limpar o ambiente e as pessoas, tudo isso devido a sua composição cristalina, que é capaz de emitir micro ondas eletromagnéticas que atuam na eliminação dessas energias, por isso, é considerado até hoje um dos melhores purificadores naturais.

Mas para que o sal seja eficaz, você precisa direcionar seu uso. Há muitas simpatias, e delas a maioria são específicas com processos distintos. O importante é destacar sua utilidade, ter fé e esperar sua atuação. Além disso, é importante destacar sua utilidade e usos, seja para proteger o lar, para cuidado pessoal, afastar energias negativas, conquistar posições, quebrar o mau olhado ou afastar doenças. Existe sempre uma receita para o que deseja. Viu só? É tanta utilidade que não cabe aqui.

E você, agora que sabe um pouco mais sobre o poder de proteção e limpeza do sal, conta para a gente como você costuma utilizá-lo.

Ver completo...

Você está respirando corretamente?

Respirando Corretamente

Já reparou como é engraçado quando um bebê respira? A barriguinha subindo e descendo. Você sabia que quando ficamos mais velhos e deixamos essa prática no modo “automático” acabamos que fazendo ela de um jeito errado? Não acredita? Hoje vou contar como você pode melhorar ainda mais a sua saúde simplesmente corrigindo a forma que você respira, o que você precisa fazer é simples, vamos ver?.

Sabia que com a respiração errada você pode estar prejudicando o seu corpo? Respirar corretamente pode te ajudar a melhorar o sono, humor, sistema nervoso, recuperação muscular, desenvolvimento do corpo, dos dentes e também da estrutura óssea. O primeiro passo para corrigir a forma de respirar é prestando atenção no movimento realizado. Respira, inspira. Ar para dentro, gás carbônico para fora. Será mesmo só isso?.

“Então, se é pra por o ar para dentro e para fora eu estou fazendo correto”, “o que seria respirar corretamente?” Bem, para começar, respirar corretamente é trabalhar os músculos do sistema respiratório para que fisiologicamente, esta ação seja ideal para o seu corpo. Devemos considerar que o movimento correto de respiração deve envolver o diafragma. Para saber se você está fazendo isso certo inspire pelo nariz, sinta o ar chegar aos pulmões e perceba o abdômen se movimentar. Vamos ver?

Respire pelo nariz

A respiração deve entrar e sair pelo nariz. O nariz é o órgão responsável por filtrar o ar, ele refina e prepara o ar que passa pelas cavidades nasais e vai até os pulmões. Quando você respira pela boca, os pulmões recebem muito mais ar “não-filtrado”, isso quer dizer que esse ar vai possuir características inadequadas para utilizá-lo, estando num estado “cru”, frio, seco e cheio de vírus e bactérias. Assim, ao respirar pelas narinas, você está se protegendo e tornando o ar inspirado mais limpo e seguro.

Respire com o diafragma


O ar que você respira, deve percorrer todo o caminho até seus pulmões, inflado-os como se sua barriga estivesse cheia. Ao inspirarmos o ar, o diafragma e os músculos intercostais se contraem. O diafragma desce e as costelas expandem, produzindo um aumento no volume da caixa torácica, que força o ar a entrar nos pulmões. Para ajudar nesse processo inspire pelo nariz contando até quatro. Deixe o ar preencher os pulmões e abdomem, depois, expulse-o expirando, podendo usar a boca como via respiratória, mas atenção, somente na hora e expelir o ar, e não de inflar.

A respiração com o uso do diafragma é mais lenta, isso contribui para um equilíbrio das trocas gasosas no corpo, pois ao inspirar você está se inflando e enviando oxigênio para sangue, ao expirar você retira o gás carbônico do corpo.

Relaxe

Este é um passo super importante e deve acontecer em todo o processo. Não importa o que queremos fazer, estaremos melhores se estivermos relaxados. O relaxamento deve agir para combater a tensão corporal. Ao deixar a respiração mais relaxada, controlamos o funcionamente do corpo, desde os batimentos cardiacos ao processo de oxigenação do sangue. Neste caso, corpo relaxado quer dizer “boa saúde”.

Bem, com isso aprendemos que existe sim uma forma correta de respirar, e isso pode trazer inúmeras melhorias para o corpo, que refletem na ansiedade e os riscos de aumento da pressão arterial, depressão e diabetes.

Preparado para corrigir a respiração? Conta para a gente o que achou dos resultados nos comentários.

Ver completo...

Receita de vinagre para acabar com o mofo

Vinagre o antimofo mais eficaz.

Se mora no litoral ou na região onde vive o clima é quente e úmido, esse texto provavelmente vai te ajudar. Mas, se o seu caso não é um desses e mesmo assim você sofre com problemas relacionados a aparição de bolor e mofo em sua casa, acompanhe nossa dica.

O mofo ou bolor, é o nome popular de um conjunto de fungos denominados Stachybotrys Chartarum. Estes podem aparecer em móveis, paredes e materiais orgânicos. Podem ser invisíveis e até mesmo visíveis, podendo ser identificados pelo odor do ambiente ou até mesmo pela aparição massiva do bolor, além de causar mau cheiro nos móveis, os fundos se alimentam materiais, corroendo-os com o tempo. Nos móveis e nas paredes, as causas de sua aparição podem ser infiltrações, escassez de iluminação natural nos ambientes e pouco arejamento.

É importante destacar que a ocorrência de fundos pode causar danos a saúde e bem estar das pessoas, podendo agravar alguns problemas de saúde, causando reações alérgicas e problemas respiratórios como: Asma, Rinite, Sinusite.

Felizmente, esses fungos podem ser combatidos, e é por isso que estamos aqui, pra te ajudar a acabar de vez com esse problema de uma vez por todas, de maneira simples, barata e eficiente.

A melhor solução, é sem sombra de dúvidas, o uso de medidas preventivas como a eliminação de umidade e rotineiramente a limpeza da mobília. Mas caso estes já tenham infestado seu móvel ou lar, existe um método caseiro muito eficiente para eliminar mofo dos móveis: Vinagre. Sim, acredita? Você não vai precisar sair para comprar e nem irá ter de montar receitas mirabolantes, simplesmente vinagre.

O vinagre é uma solução de ácido acético, o que é muito eficiente para eliminar o problema.

Receita:

  1. Misture o vinagre branco com um pouco de água morna e limpe os móveis contaminados pelo fungo com essa mistura. A dica é deixar mais vinagre do que água, cerca de ¾ de vinagre e ¼ de água.
  2. Dilua o conteúdo e caso tenha um borrifador em casa, pode deixar a solução nele e ir usando de acordo com sua necessidade.
  3. Borrife ou espalhe a solução no local onde o mofo está visível ou em lugares onde deseja realizar a limpeza preventiva. Se não tiver um borrifador, utilize papel toalha ou um pano que possa lavar ou descartar após a limpeza.
  4. Deixe o vinagre agir por um tempo, 30 min à 1 hora.
  5. Esfregue ou passe pano no restante do mofo, o ideal é realizar o procedimento com água morna, passando o pano ou a escova e retirando o conteúdo com a água.
  6. Seque a região com um pano.

Lembre-se: mesmo que você já tenha se livrado do mofo, ou não tenha esse problema, é necessário também prevenir.

Gostou da nossa dica? Conhece outras receitas para combater o mofo? Conta pra gente nos comentários.

Ver completo...

Caju, a “fruta” e seus benefícios

Benefícios da Jaca

Fruto Caju, o Brasil conhece, quer dizer, pseudofruto. Sim, “o fruto falso” sobre o qual iremos falar hoje, é nativo no Brasil e muito recorrente no litoral nordestino, sendo mais comum seu cultivo nessa região, eu cultivo é muito comum no nordeste brasileiro. A colheita é realizada de agosto a janeiro. O caju é considerado um pseudofruto por ser constituído em duas partes: Castanha e pedúnculo, a castanha aparece como o fruto do cajueiro, enquanto o pedúnculo, que é a parte macia, saborosa e esponjosa que tem a massa e o líquido do conjunto.

O cajueiro, é a planta que produz o “fruto”, estes podem estar divididos em várias espécies – cerca de mais de 20 tipos, entretanto os mais comuns então divididos em basicamente três tipos: o comum, cajueiro anão e o gigante. Estes se diferem não só nas características da árvore, mas também na composição e tipos de seus pseudofrutos, os tipos de caju se diferenciam na cor, gosto e na composição de carnosa (textura e composição).

Quanto pensando nos benefícios para a saúde, devemos pensar além “daquele suco natural”, o caju tem muito o que contribuir para sua vida como um todo. Tá afim de saber mais? Então vamos conhecer um pouco mais sobre o caju.

O caju é rico em vitaminas A, B, C, E e K, agem nas defesas do corpo, estão diretamente relacionadas a proteção do sistema imunológico contra os radicais livres. Ajuda a visão e no crescimento, formação dos dentes e colágeno, formação de ossos. Além desse conjunto de vitaminas é possível encontrar na composição do fruto a ocorrência de fósforo, ferro, sódio e potássio,todos estes compostos contribuem para organização dos sistemas conhecidos que ajudam a manter funções importantes do corpo.

O caju pode ser consumido de diversas formas, receitas ou iguarias. Podendo ser  consumido in natura, ou no preparo de sucos, mel, doces, passas, sorvetes, licores. A castanha, é geralmente torrada, e é vendida como um tipo de iguaria, sendo popular em diversos lugares do mundo. Existe ainda os que utilizam seus itens para fazer parte de uma determinada prática de saúde, como é o caso de tratamentos, chás, e afins.

E então, que tal um cafezinho fresco ou não? Prefere consumir a  fruta in natura ou em receitas? Conta pra gente nos comentários!

Ver completo...

Inhame, dicas de receitas e importância

Vamos falar sobre saúde? E que tal ainda falar sobre saúde alimentar? Pois bem, o nosso assunto hoje é sobre o Inhame. Este tubérculo muito conhecido no Brasil, é principalmente usado nas regiões sudeste e nordeste. Entretanto, seu histórico de utilização está em outros lugares, servindo como base da alimentação de diversos países das Américas, África e Ásia. Seu nome é dado às plantas do gênero Dioscorea. Além de sua enorme popularidade em algumas regiões de nosso país, seu uso está muitas vezes desassociado de seus benefícios. Então, que tal aprender um pouco sobre esses benefícios?

O Inhame é um tubérculo riquíssimo em potássio, mineral que diminui a pressão arterial, sendo considerado “amigo do coração”. É ainda indicado por seu potencial energético, por sua enorme fonte de carboidratos.

Uma outra vantagem está nas fibras contidas no Inhame, que ajudam na queima de colesterol. Além disso, ele também tem vitaminas do complexo B (B6 e B9) que ajudam a controlar os níveis de homocisteína, um aminoácido que aumenta o colesterol ruim (LDL) quando ele aparece em grande quantidade no organismo.

Não é pouca coisa, né? Acredita que ele ainda é indicado na prevenção de doenças como o Alzheimer?! Sim, além de ajudar a emagrecer, ter mais energia, controlar os níveis de colesterol ruim, o inhame também auxilia na prevenção do mal de Alzheimer. Isso ocorre devido a doença está relacionada à diminuição hormônio DHEA  (Desidroepiandrosterona) em nosso organismo ao longo dos anos – problema que pode ser evitado com o auxílio das vitaminas que compõem o nutrientes presentes no tubérculo.

Além desses muitos benefícios, o inhame é ainda indicado para o prevenção de câncer. Rico. Betacaroteno e vitamina C, essas substâncias atuam como antioxidantes e impedem a ação dos radicais livres.

Cansou? Ainda não? Então, agora essa dica vai para as mulheres, em especial. Os nutrientes que contém no tubérculo atuam como repositórios de hormônios importantes para a saúde delas, como ocorre com estrogênio. No corpo, este hormônio age aumentando a fertilidade e diminuindo os sintomas que acompanham o começo da menopausa.

Que tal algumas dicas de receita?

Sopa de inhame:

Se você adora uma sopa com aquela textura bem levinha, pode se encantar com o resultado dessa opção, que combina o inhame com um pouco de cenoura, cebola, azeite, sal e água. Mesmo com uma lista de ingredientes tão curtinha, você pode se surpreender com o resultado final desse prato.

Ingredientes:

  • 1 raiz de inhame com 400g
  • 1 cebola média cortada em fatias finas
  • 1 cenoura cortada em rodelas grossas
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 6 colheres de cafezinho de sal
  • 2 litros de água

Modo de preparo:

  • Descasque e corte a cebola em fatias finas, junte ao azeite de oliva e 1 colher de cafezinho de sal e deixe em uma panela em fogo baixo. Tampe a panela e deixe amolecer. Quando estiver mole, reserve.
  • Em seguida, raspe a casca da cenoura, descasque o inhame e corte-os em rodelas grossas. Coloque os dois na panela com toda a água, 2 colheres de cafezinho de sal e deixe cozinhar em fogo médio até ficar bem macio, se partindo.
  • Deixe o inhame e a cenoura esfriar e bata-os no liquidificador com 7 conchas da água do cozimento, a cebola amolecida e 3 colheres de cafezinho de sal. Volte à panela, esquente e sirva com torradas de leite!

Sopa detox com inhame:

Essa é uma receita que tem uma textura cremosa devido ao uso do inhame e ainda conta com um sabor levemente adocicado, mas também tem um toque de abóbora e batata doce. O resultado é uma sopa detox cheia de cor e sabor para o seu prato.

Ingredientes

  • 600 g de abóbora baiana (mais ou menos 1/2 abóbora)
  • 300 g de inhame (mais ou menos 2 unidades)
  • 200 g de batata doce (mais ou menos 1 batata doce)
  • 1 tablete de caldo de legumes (pode usar caldo de legumes caseiro)
  • 1 litro e meio de água filtrada

Modo de Preparo

  • Vamos cozinhar os legumes para depois batê-los e temperar a gosto. Descasque a batata doce, os inhames e corte em pedaços grandes – facilita o cozimento. Coloque-os em uma panela com água filtrada e o cubinho de caldo de legumes ou caldo caseiro.
  • Para a abóbora, costumo lavar bem a casca e cozinhar com casca e tudo. Acho mais fácil do que tentar descascá-la ainda crua.
  • Cozinhe os legumes por aproximadamente 20 minutos em fogo médio. Os legumes vão cozinhar mais ou menos no mesmo tempo. Vocês vão ver que a abóbora fica bem macia e será bem mais fácil tirar a casca dessa forma, sai facilmente com uma faca.
  • Escorra o caldo da panela e reserve. Você pode precisar dele na hora de bater seus legumes (caso prefira uma sopa mais/menos cremosa). Com um garfo, amasse os legumes ou então processe com um mixer ou no liquidificador.
  • Caso use o caldo industrializado, não exagere no sal. Pode aproveitar para acrescentar pimenta do reino e 1 fio de azeite.
  • Pra finalizar, salpiquei gergelim torrado e um pouco de molho chipotle. Vai muito bem com pimenta do tipo Tabasco. Junte um pãozinho e bom apetite.
Ver completo...

Semente Olho de Boi e seu uso

Há uma tradição antiga chamada Feng Shui, nela existem alguns tipos de amuletos de proteção que mudam a energia dos ambientes. Esses amuletos são capazes de emitir vibrações poderosas, capazes de extirpar toda energia negativa contida nos ambientes.

Um desses muitos amuletos é o de semente de mucunã, conhecido popularmente como “Olho de Boi”. Podemos dizer que em muitas culturas, este amuleto é usado para afastar o mau olhado, além de ser um ótimo canalizador de energia.

Os efeitos da semente são propagados a partir do uso como objeto pessoal ou em casa, com a finalidade de impedir que energias negativas cheguem e se instalem no ambiente, atraindo ainda a boa sorte.

Além do Feng Shui, a semente é amplamente utilizada nas práticas do Candomblé e Umbanda, nelas, o uso do Olho de Boi tem sua aplicação tanto como semente quanto em sua folhagem como Mucunã. No Candomblé, a folha dessa planta costuma ser atribuída ao orixá Osaiyn, sendo esta utilizada no preparo de banhos dos seus filhos e de seus objetos.

No Umbanda, o uso se concentra na semente, que está relacionada a confecção de colares e adornos utilizados pelos caboclos e pretos-velhos. Seu uso é comum nas representações das entidades denominadas guias, que tem receitas específicas para seu uso, como por exemplo: dentro de um copo com água e uma pedra de carvão para ser posto atrás da porta com o objetivo de cortar a cobiça e o mau-olhado.

Entre muitas outras utilidades como amuleto pessoal, a semente, Olho de Boi, pode ser usada dentro de um saquinho de pano preto, o qual deverá estar sempre junto à pessoa e, preferencialmente em seu bolso esquerdo ou lado esquerdo do corpo. É comum ainda que no saquinho se adicione um pouco de sal marinho, arruda e alecrim para potencializar o efeito contra a inveja e atrair sorte.

Caso deseje ter a semente dentro de casa, essa poderá servir-lhe como uma espécie de alarme contra as energias negativas, uma vez que a crença diz que, quando a semente arrebenta, é sinal que seu lar ou os que nele habitam estão sendo alvos de energias negativas. Para isso, coloque a semente dentro de um copo d’água e, se o líquido se tornar escuro após a semente estourar, é sinal que a negatividade enviada é forte e tem o intuito de destruição. Se isso acontecer, jogue as sementes estouradas em mata verde ou água corrente de rio ou mar.

Ainda dentro de casa, a Olho de Boi pode ser colocada dentro de um pequeno saquinho confeccionado em pano preço e então pendurada atrás da porta de entrada. Também pode ser espalhada estrategicamente pelos cantos da casa.

Caso tenha o desejo de utilizar como proteção pessoal, confeccione colares, pulseiras ou até mesmo brincos com a semente, além de proteger-se, irá ter acessórios bastante usuais e bonitos, mas tenha cuidado, preferencialmente ao construir os objetos não deve furá-la, e ande com a Olho de Boi como forma de repelir más vibrações.

Você pode ainda colocar algumas sementes em um pote transparente com água. Utilize-o como um arranjo ou esconda-o no canto do ambiente. Quando o local estiver carregado negativamente, as sementes irão arrebentar, quanto mais semente estouradas, mais carregado está o ambiente. Jogue as que estouram fora.

O que achou dessas dicas? Conta pra gente nos comentários!

Ver completo...

Banho frio e alguns de seus benefícios

Banho Frio

O verão está se aproximando e com ele muito sol e calor. Quem sabe está na hora de voltar a tomar aquele banho frio, viu? Hmm, difícil de te convencer não é mesmo!? E se eu te disser que ao tomar banho frio regularmente, além de poupar um pouco nas contas no fim do mês, você pode trazer diversos outros benefícios para a sua saúde e vida?

Quem nunca deu aqueles pulinhos ao entrar na ducha fria? Dá até tremedeira, só de pensar. Pois é, mas caso isso seja regular, o banho gelado, pode e com certeza vai lhe trazer diversos benefícios. Embora, para que isso aconteça, é necessário primeiro vencer o trauma do banho frio.

Existe um movimento de pessoas que estão inserindo esta prática regular no cotidiano diante da quantidade de benefícios que ela traz, é sério, tem gente pra todo gosto, não é? Sim, gente como eu e você, e que embora não seja nada fácil de começar, o corpo vai se acostumando e interagindo cada vez mais. Vamos conhecer então esses benefícios e a importância do banho frio?

Por onde começar?!

Mais energia e disposição

Entrar e sair de um banho frio logo de manhã, é sentir-se recarregado. O impulso energético causado por um simples banho frio é incrível. Tudo parece mais leve e rápido, o cérebro vai a mil e tudo o que se sente é disposição. E olha que o dia ainda nem bem começou.

Uma publicação da American Journal of Physiology (Jornal Americano de Fisiologia), produziu um estudos sobre atletas que usavam a técnica de imersão em água fria e descobriu que após o treinamento de resistência, os atletas são capazes lidar com mais exercício durante as sessões de treinamento subsequentes, isso produz melhoras significativas nas adaptações de treinamentos a longo prazo. Outro estudo publicado no Journal of Sports Science and Medicine (Jornal de Esportes, Ciência e Medicina) demonstra que há uma melhoria na recuperação muscular quando se pratica a imersão.

Acelera o metabolismo e queima calorias

Uma outra pesquisa sobre o tema não conseguiu chegar a uma conclusão sobre como exatamente banhos frios ajudam pessoas a perder peso. Ainda assim, a prática mostra que a água fria pode contribuir para uma maior queima calórica, pois, para igualar a água à temperatura do corpo, o organismo precisa de um maior esforço, gerando um processo conhecido de aquecimento, onde o corpo gasta mais energia e promove a queima calórica.

Melhora a sirculação sanguínea

A água tem temperaturas mais frias que a temperatura natural do corpo, por este motivo, há um esforço para o controle da temperatura. Quando tomados banhos frios com regularidade nosso sistema circulatório mais eficiente. Se o sangue flui melhor para a cabeça, ela funciona melhor e fica alerta por mais tempo. Algumas pessoas também relatam que a pele e o cabelo parecem menos quebradiços e mais viçosos, provavelmente como resultado da melhora da circulação sanguínea.

Aumento de endorfina

Prazer? Simmm. Existem várias formas de estimular a liberação de endorfinas na corrente sanguínea, através de atividades que despertem os sentidos, seja praticando atividades físicas ou fazendo algo que dê prazer. Isso também acontece na prática do banho frio, porque com a temperatura fria, o corpo envia impulsos elétricos para o cérebro, com isso, a endorfina também é liberada no sangue, trazendo sensação momentânea de prazer. Esse efeito leva a sentimentos de bem-estar e otimismo.

Poupando gastos, água e eletricidade

Quando os benefícios chegam ao bolso da gente também é muito bom, não é mesmo? Além de ser mais sustentável, os banhos frios costumam ser mais rápidos, economizando no gasto de eletricidade e também na diminuição do desperdício de água. Quem nunca tomou um banho quente, demorado e reflexivo? Bom, claro que com um tempo, o corpo vai se adaptando as temperaturas amenas.

E agora, qual será seu próximo banho, quente ou frio? Vai deixar sua vida mais saudável com esta prática? Conta pra gente nos comentários!

Ver completo...

“Da jaca, se aproveita até o caroço”

“Jaca-mole ou jaca-dura, qual a sua preferida?” Se você é brasileiro e não conhece essa frase, pode ter algo de muito errado acontecendo, brincadeiras a parte, a fruta é uma das mais comuns, sendo muito popular no Brasil. A jaca é um fruto da jaqueira, árvore que embora popular no Brasil e em outros países de clima tropical, tem suas origens na sul do continente Asiático. Trazida para solos brasileiros por volta do século XVIII, a árvore se adaptou muito bem ao nosso clima, principalmente na região amazônica e na costa litorânea do Brasil.

Seus frutos nascem nos troncos e galhos, são formados por gomos, polpa e sementes, tem coloração amarelada e uma superfície exterior bastante áspera. Pode ser consumida de forma natural, cozida ou até mesmo em receitas mais sofisticadas, se adequando a todos os gostos. Seu fruto pode chegar a pesar cerca de 15 kg e entre as variedades mais cultivadas no Brasil, se destacam: jaca-mole, jaca-dura e jaca-manteiga

Mas afinal, quais são os benefícios da jaca? Quais as suas propriedades? Para que serve?

Embora sua utilização seja quase sempre para degustação recreativa, o consumo da jaca pode ajudar na prevenção e no tratamento de algumas doenças. A jaca é fonte de vitaminas A, B e C, além de minerais como cálcio, potássio, ferro, fósforo. Vejamos então alguns benefícios, propriedades e funções de sua utilização.

Jaca e seus benefícios.

1. Melhora o funcionamento do sistema digestivo

Por ser rico em fibra, o consumo da fruta ajuda na melhora da digestão, estimulando o bom funcionamento do intestino, prevenindo a prisão de ventre e doenças relacionadas com o intestino.

2. Regula a hipertensão

Por ser rica em potássio e possuir baixas concentrações de sódio, seu consumo pode ajudar a regular os níveis de sódio, atuando na prevenção de problemas cardiovasculares, contribuindo assim para a manutenção de uma pressão arterial saudável.

3. Previne anemia

Dona de um quadro nutricional incrível, a jaca repõe nutrientes essenciais para o organismo. Além disso, tem vitamina C em sua composição, nutriente que aumenta a absorção de ferro, mineral fundamental para a prevenção e o tratamento  da anemia.

Esta fruta é uma excelente fonte de ferro, vitamina K, C, E e A, essenciais na prevenção da anemia. Além disso, a vitamina C presente na fruta também é importante para a eficaz absorção de ferro.

 4. É antioxidante

A Jaca contém um alto teor de vitamina C, e Vitamina A, que tem um elevado poder antioxidante, o que ajuda a neutralizar os radicais livres e além disso ajuda a reforçar o sistema imunológico. Na pele, os radicais livres causam diversos danos e são responsáveis por acelerar o envelhecimento. Com isso e com os nutrientes encontrados no fruto, sua atuação é eficaz quando se trata de cuidados com a pele.

5. Elimina as toxinas do cólon

Estudos revelam que o fruto jaca é essencial para se livrar de toxinas do cólon , devido à sua elevada constituição em antioxidantes, este tipo de toxinas acumuladas podem conduzir a câncer no cólon.

6. Melhora a visão

A jaca é muito rica em vitamina A, beta caroteno e luteína, esta fruta é muito importante para manter e promover uma visão saudável, proteger os olhos dos radicais livres e de infecções virais e bacterianas.

7. Melhora o aspeto da pele

Ainda pela enorme quantidade de vitamina A, seu consumo faz muito bem para a pele, unha e cabelos, seu uso regular ajuda na manutenção de uma pele mais jovem, bonita e saudável, já que ajuda a combater as rugas, a vermelhidão, o eczema e outros problemas de pele. Este fruto pode ser aplicado diretamente na pele.

8. Mantém os ossos saudáveis

A Jaca é rica em cálcio e ajuda a fortalecer os ossos, prevenindo a osteoporose, artrite e outras doenças relacionadas com os ossos.

9. Benefícios do complexo B.

Repleto em vitaminas do complexo B, seu uso traz benefícios ao sistema nervoso e a função cerebral, auxilia na saúde do fígado, além disso, age de maneira fundamental na regulação do metabolismo. Atua na manutenção e aumento de peso, atuando na irritabilidade; cansaço; tontura; fraqueza muscular; queda de cabelo; dor de cabeça; dermatite; anemia; unhas fracas; cãibras.

E agora, prefere comer jaca-mole, jaca-dura ou jaca-manteiga? Prefere consumir a  fruta in natura ou em receitas? Conta pra gente nos comentários!

Ver completo...