O desaparecimento da jovem Amanda Albach Silva, de 21 anos, moradora da Fazenda Rio Grande, em Curitiba, no Paraná, intriga a família e as autoridades locais. Mas o que aconteceu com a jovem? O fato é que ela segue desaparecida há mais de dez dias e as Polícias Civis do Paraná e de Santa Catarina se debruçam sobre o caso para tentar entender o que houve. A investigação aponta que o último contato feito pela curitibana com a família ocorreu na noite de 15 de novembro.

“Ela mandou uma mensagem para os pais, por volta das 20h40, dizendo que voltaria de madrugada para Fazenda Rio Grande. A partir daí, não se teve mais nenhuma notícia sobre ela. O celular está desligado e a Amanda nunca mais acessou o WhatsApp”, contou as autoridades.

Amanda Silva, que é promotora de vendas, havia deixado o Paraná rumo ao litoral Sul de Santa Catarina, em companhia de um casal de amigos, o que fazia com alguma frequência. Antes de desaparecer, Amanda foi a uma festa na noite de 13 de novembro, que ocorreu em um famosos beach club de Jurerê Internacional. Amanda desapareceu após a festa e de acordo com os amigos, ela nunca mais foi vista.

“Confirmamos a presença dela nessa balada com imagens e ela estava acompanhada por esse casal de amigos. Esse casal simplesmente disse que a Amanda também estaria com outro rapaz conhecido e que após a festa ela não retornou com eles. Mas algumas versões na apuração dizem o contrário e queremos confirmar”, disse Michael Pinheiro, advogado da família.

Houve o registro de um boletim de ocorrência pela mãe de Amanda e o advogado, que foi solicitado e afirmou que “havia algumas inconsistências nas informação prestadas”, e por conta disso foi até a delegacia fazer a ratificação. A partir disso, a polícia começou as buscas pela jovem na região de Imbituba. Logo na sequência, recebeu a informação de que a mãe de Amanda desconfia que a última ligação que recebeu da filha pode não ter sido feita por ela.

O advogado Michael Pinheiro, em razão disso, solicitou quebras de sigilo bancário e telefônico, com a alegação de que as medidas podem ajudar na solução no caso do desaparecimento da jovem. Qualquer informação sobre o paradeiro de Amanda Albach, entrar em contato com a Polícia Civil da região: (41) 3608-7200

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

Jacaré é morto a tiros por policiais após dilacerar braço de bebê e atacar tio em lago de GO

Uma notícia tem gerado bastante repercussão nas redes sociais nesta segunda-feira (3) e surgiu após a declaração feita pela Polícia Militar de Goiás que afirmou que foi preciso matar a […]

São Gabriel: Acidente envolvendo uma moto e animal na rodovia tira a vida de enfermeira e deixa outra pessoa ferida

Uma triste notícia está circulando nas redes sociais nesta segunda-feira (3). Isto porque na noite desse sábado (1º) uma mulher morreu e outra ficou ferida em um grave acidente entre […]