Uma notícia tem sido destaque nas manchetes desta quinta-feira (22). Um jovem de 19 anos foi preso preventivamente acusado da morte da namorada, após ter sido denunciado pelo próprio pai. Eduardo Scaravonatto teria dito ‘acertei a menina’, após airar contra a namorada, que também tinha 19 anos, na cidade de Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul. Joana foi atingida por um disparo de arma de fogo na região do tórax, nesse último sábado (17).

O pai de Paulo disse que o casal estava em sua casa, quando pelas 4h ouviu um ‘forte estouro’ e logo o seu filho disse ‘acertei a menina, acertei a menina’. Foi até o local e viu a vítima imóvel e o revólver no chão.” A decisão do juíz Paulo Meneghetti, da 1ª Vara Criminal de Bento Gonçalves foi tomada observando este relato.

A princípio o acusado disse à polícia que a namorada foi vítima de latrocínio, de acordo com informações divulgadas pelo portal Uol. Entretanto, o pai de Paulo denunciou o crime após o filho ter sido liberado. O juíz entendeu que “há suficientes indícios de autoria e materialidade do crime”.

O jovem acusado ainda apresentou duas versões distintas sobre o que teria acontecido. Na primeira versão o jovem disse à polícia que “conhecia um dos assaltantes”. Na segunda, Paulo afirmou à Polícia Civil, que não os conhecia.

Há também uma informação que consta no documento, que o jovem acusado foi visto por uma testemunha por volta de 8h levando uma toalha com alguns objetos para um local onde fica um terreno baldio. A análise feita pelo juíz é de que possivelmente seriam objetos pertencentes a Joana. As buscas continuam para localizar a arma utilizada para cometer este crime, e é esperado o posicionamento dos advogados sobre a decisão judicial.

Joana foi encaminhada ao Hospital Tachini com um ferimento no tórax após ter sido atingida por disparo de arma de fogo nesse sábado (17). Na ocasião, o namorado afirmou que Joana faleceu após reagir a um assalto na rua. Algum tempo depois do jovem ser liberado pela polícia, o pai o denunciou. Investigações iniciais comprovaram a versão ao ser encontrado sangue na casa do acusado. Em depoimento à polícia, Paulo falou que o disparo foi acidental e feito pela própria namorada, que segundo ele estava segurando a arma.

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

Deolane Bezerra divulga agenda de shows que é disputada por 56 contratantes interessados; 1ª apresentação será em novembro

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (21). A advogada criminalista Deolane Bezerra, viúva do cantor MC Kevin, está se lançando na carreira artística como DJ e […]

Paulo Guedes confirma auxílio de R$ 400 até final de 2022 e estuda estratégia de alterar teto de gastos

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (21). Em evento promovido nessa quarta-feira (20) pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), o ministro da economia Paulo Guedes, […]