Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (21). Foi protocolado na justiça um pedido de interdição do jornalista Cid Moreira, no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, feito pelos filhos do jornalista. Rodrigo Radenzev Moreira e Roger Moreira alegam abandono efetivo e deserção praticada por Cid Moreira, além de acusarem a madrasta de se aproveitar dos bens de Cid Moreira e de transferi-los para seu nome.

Foi aberto um inquérito para investigar as acusações e os filhos também pediram a prisão provisória da madrasta.Segundo informações do Notícias da TV, os filhos alegam que Cid Moreira é uma ‘‘pessoa idosa, senil e apresenta problemas psquiátricos desenvolvidos em razão da idade avançada’’. A madrasta por sua vez é acusada ‘‘depenar totalmente o idoso, em puro estelionato senil, apropriação indébita e formação de quadrilha.’’

De acordo com os filhos, o casamento entre Cid Moreira e Fátima ocorreu em regime de separação de bens, mas mesmo assim a madrasta tem se aproveitado da fragilidade do estado de saúde e da idade avançada do jornalista pra se aproveitar de tudo.‘‘ Ela se aproveitou de seus salários, ganhos, direitos autorais, e não se tem notícia o que fez, mas sabe-se que com o idoso não está mais. Começou, então, a forçar a separação do pai para com os filhos com o argumento que um deles era gay e o convenceu e deserdar o filho’’, disseram.

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

TSE pede investigação do STF sobre fake news ditas por Bolsonaro contra urnas eletrônicas

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pediu em votação unânime que o Supremo Tribunal Federal (STF), investigue o presidente […]

DPE pede R$ 200 milhões em ação envolvendo morte de tio e sobrinho em supermercado

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). A ação movida contra a rede de supermercado Atakarejo pela Defensoria Pública Estadual (DPE), da Bahia, estabelece uma indenização de […]