Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (3). Diante das divergências entre aliados por causa de lugares na composição da chapa para as eleições de 2022, o senador Jaques Wagner afirmou que a base de apoio ao governo estadual, composta pelo PT, PSD e PP, estará unida para as eleições do ano que vem. “O que posso garantir é que o grupo vai se manter unido. Nós temos maturidade suficiente, temos uma condição feita pela Bahia, temos o crescimento de todos os partidos da base”, comentou Wagner, avaliado como potencial candidato ao governo estadual nas próximas eleições.

“Seria uma bravata dizer que não estaremos juntos para nos apresentar perante o povo baiano no ano eleitoral, que é o ano que vem”, disse o potencial candidato. A fala do senador Jaques Wagner foi uma resposta a posicionamentos de aliados políticos como o senador Angelo Coronel (PSD) e o vice-governador João Leão (PP), que apontaram interesses destes partidos em encabeçar a chapa para a disputa das próximas eleições. Angelo Coronel tem defendido também o nome do senador Otto Alencar e o Progressistas defendem o nome de Leão para o pleito de 2022.

“As pessoas têm liberdade, é legítimo. Um quer ser senador, outro quer ser governador, mas nós vamos sentar e vamos nos entender”, afirmou Wagner. Mas não é só isso…

Jaques Wagner rebateu críticas de que o PT não estaria empenhado na defesa do impeachment de Bolsonaro. O senador disse que o partido tem se mobilizado e que a prova seria a assinatura do superpedido de impeachment, protocolado nessa quarta-feira (30), na Câmara dos Deputados.

O senador disse que estar à frente deste processo pode criar interpretações de que o PT teria intensão eleitoral, o que não é verdade. “Nós temos responsabilidade sobre o Brasil, porque governamos o Brasil durante 16 anos, praticamente. Nós estamos completamente dentro da campanha”, concluiu.

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

TSE pede investigação do STF sobre fake news ditas por Bolsonaro contra urnas eletrônicas

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pediu em votação unânime que o Supremo Tribunal Federal (STF), investigue o presidente […]

DPE pede R$ 200 milhões em ação envolvendo morte de tio e sobrinho em supermercado

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). A ação movida contra a rede de supermercado Atakarejo pela Defensoria Pública Estadual (DPE), da Bahia, estabelece uma indenização de […]