Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (3). Exame genético realizado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), apontou o serial killer Lázaro Barbosa como o responsável pelo estupro de uma mulher, no Setor Habitacional Sol Nascente no dia do aniversário dela. Nessa sexta-feira (2), o laudo conclusivo ficou pronto.

A delegada-chefe da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam 2), em Ceilândia, contou: “Tivemos a confirmação de que Lázaro foi o autor também desse crime, assim como o da família Vidal, brutalmente assassinada no dia 9 de junho”, contou Romana.

Chegamos à conclusão através de provas objetivas. As impressões digitais de Lázaro foram encontradas no local, através do Instituto de Identificação (II), e também através do material genético. Nós tínhamos o material genético dele no Instituto de Pesquisa e DNA Forense (IPDNA), por um crime que ele havia sido condenado em 2009, e confrontamos com o material encontrado na atual vítima. Com isso, foi possível confirmar com 100% de certeza que Lázaro Barbosa é o autor do estupro violento no Sol Nascente, em abril deste ano”, comentou. Entenda…

Lázaro Barbosa observou uma mulher que seria violentada após assalto a uma chácara, na região do Sol Nascente. Lázaro estuprou a mulher no dia 26 de abril deste ano, dia em que ela fez aniversário. A violência contra a jovem foi a conclusão pensada por Lázaro para o roubo à chácara onde a vítima residia com o marido e filho. Os cachorros da chácara alertaram sobre a presença de estranho no local. Ao ver o nervosismo dos cachorros a mulher que estava deitada, foi checar o que acontecia. O criminoso apareceu armado na janela e mandou a mulher abrir a porta.

A mulher correu pra sala, mas o criminoso conseguiu arrombar a porta e fez a família refém. Durante todo o roubo Lázaro usou máscara e óculos escuros. Depois de vasculhar a residência, o criminoso trancou o marido e o filho da mulher e a levou. A vítima caminhou em direção a mata sob a mira de uma arma. O criminoso a obrigou a se despir e forrar o chão com as vestes. À polícia, a mulher disse que o criminoso demorou a ejacular e que ele teria dito que não sabia porque isto aconteceu, pois a achava ‘‘muito gostosa.’’Mas não é só isso…

Durante a violência Lázaro teria se descuidado e abaixou a máscara. De acordo com a mulher, o criminoso passou a arma pelos seios, rosto e regiões íntimas dela. A vítima ainda disse que Lázaro estava transtornado e falou que frequentava a igreja, que era músico, mas teria ficado ‘‘louco.’’

A mulher informou que o criminoso ficou na casa por cerca de uma hora e que o estupro durou cerca de 40 minutos. A vítima ainda disse que Lázaro usou seu vestido para limpar as partes íntimas dele e dela. Com este detalhe a polícia apreendeu as vestes da mulher.

Lázaro Barbosa morreu em confronto com a polícia atingido por 39 tiros. Esteve em fuga por 20 dias e foi mobilizada uma força-tarefa composta por mais de 270 homens que se revezavam nas buscas. Foi localizado quando saía da casa da ex-sogra, em Águas Lindas de Goiás (GO), entrou em confronto e foi atingido por agentes das forças de segurança.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Assuntos relacionados

Deolane Bezerra divulga agenda de shows que é disputada por 56 contratantes interessados; 1ª apresentação será em novembro

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (21). A advogada criminalista Deolane Bezerra, viúva do cantor MC Kevin, está se lançando na carreira artística como DJ e […]

Paulo Guedes confirma auxílio de R$ 400 até final de 2022 e estuda estratégia de alterar teto de gastos

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (21). Em evento promovido nessa quarta-feira (20) pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), o ministro da economia Paulo Guedes, […]