Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (1). O pedido feito pela cantora Britney Spears, 39 anos, para retirar de seu pai a tutela que prevê o controle de assuntos comerciais e pessoais, foi indeferido por um Tribunal de Los Angeles, segundo informações da imprensa americana.

O recente apelo feito pela cantora para que fosse retirada a tutela, à qual ela chamou de ‘‘abusiva’’, implicou a nova decisão judicial que aconteceu de forma remota. A artista disse que havia sido medicada com o objetivo de controle dos seus comportamentos, proibida de tomar decisões pessoais, como por exemplo, a retirada de um (DIU), implante anticoncepcional, apesar de querer engravidar novamente. O pai da cantora pediu ao Tribunal para investigar tais acusações.

A decisão judicial anunciada nessa quarta-feira (30), tem ligação com o requerimento feito por um advogado da cantora para colocar como responsável pela tutela a empresa de gestão de fortunas ‘‘Bessemer Trust’’ e remover seu pai, Jamie Spears, de acordo com informações da CNN americana. A solicitação feita pelo advogado da artista foi indeferida pela juíza Brenda Penny.

A informação que Britney Spears havia sido impedida de retirar o DIU causou indignação nos fãs e organizações que defendem os direitos de reprodução. De acordo com o advogado da cantora, a sua aparição recente mostra em parte o que ela tem vivido e ressalta o desejo que tinha de falar ao tribunal. Mas não é só isso…

“Eu só quero minha vida de volta. Já se passaram 13 anos e é suficiente”, desabafou a cantora em uma fala de 20 minutos. Os assuntos pessoais e financeiros da artista são administrados em grande parte pelo seu pai, Jamie Spears, desde 2008, após Britney Spears ter uma crise nervosa em público. Em janeiro de 2019 Britney Spears anunciou a suspensão dos shows por tempo indeterminado e desde lá está sob tutela do pai, Jamie Spears. Mesmo estando sob a tutela, a artista lançou três álbuns além de ter participação em programas de TV.

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

TSE pede investigação do STF sobre fake news ditas por Bolsonaro contra urnas eletrônicas

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pediu em votação unânime que o Supremo Tribunal Federal (STF), investigue o presidente […]

DPE pede R$ 200 milhões em ação envolvendo morte de tio e sobrinho em supermercado

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). A ação movida contra a rede de supermercado Atakarejo pela Defensoria Pública Estadual (DPE), da Bahia, estabelece uma indenização de […]