Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (20). A Mansão Imperador, localizada em Vila Valqueire, Zona Oeste do Rio de Janeiro e boate onde aconteceu a apresentação do funkeiro MC Kevin no sábado (15), foi interditada na noite dessa quarta-feira (19) pelo Instituto Municipal de Vigilância Sanitária.

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, o evento ocorreu de forma clandestina em desrespeito as normas de prevenção e disseminação da Covid-19. O órgão ainda informou que foi aplicada uma multa gravíssima à boate no valor de R$ 14.060,72. Mas não é só isso…

O funkeiro faleceu na noite desse domingo (16) ao cair do 5º andar do hotel em que estava hospedado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Foi apontado como a causa da morte do cantor traumatismo craniano, porém foram descritas 13 fraturas no corpo de MC Kevin, no laudo da necrópsia.

O cantor estava no Rio de Janeiro em razão de ter feito um show na Mansão Imperador na noite de sábado. A polícia, que já ouvi 10 testemunhas da morte do artista, agora analisa os celulares de quem estava no quarto com Kevin no momento em que ele caiu da sacada, além de investigações em imagens de câmeras de segurança do local.

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

TSE pede investigação do STF sobre fake news ditas por Bolsonaro contra urnas eletrônicas

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pediu em votação unânime que o Supremo Tribunal Federal (STF), investigue o presidente […]

DPE pede R$ 200 milhões em ação envolvendo morte de tio e sobrinho em supermercado

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). A ação movida contra a rede de supermercado Atakarejo pela Defensoria Pública Estadual (DPE), da Bahia, estabelece uma indenização de […]