Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (19). A Operação Caravana deflagrada pela Polícia Federal (PF) e a Receita Federal, levou os agentes até a cidade de Tanque Novo, que fica localizada a 712 km de Salvador, para cumprir mandados de busca e apreensão em razão dos crimes de associação criminosa, contrabando e descaminho.

A operação Caravana teve início com investigações a partir de novembro de 2019, da PF em Londrina, no Paraná, que investigou uma organização que era chefiada por dois comerciantes de Tanque Novo. A organização operava um esquema criminoso de transporte e distribuição de bebidas, cigarros e perfumes vindos do Paraguai, sonegando assim os devidos impostos.

No decorrer das investigações foram registradas ocorrências ligadas à atuação do esquema criminoso como a apreensão em Janeiro deste ano em Montes Claros, MG, de uma carga de perfumes vindos do Paraguai, que era transportada pelos líderes do grupo.

O grupo criminoso usava uma empresa de fachada sediada em Tanque Novo para lavar o dinheiro das movimentações financeiras, que segundo a PF girou em torno de R$ 13 milhões, entre 2018 e 2020. De acordo com a polícia a maior parte destes recursos iriam para empresas com sede na região da fronteira com o Paraguai.

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

Aeronave com 18 torcedores de time de beisebol cai no Texas e todos sobrevivem ao acidente

Uma notícia tem sido manchete nos principais meios de comunicação nesta quarta-feira (20). Um acidente aéreo improvável aconteceu nessa terça-feira (19) e envolveu uma aeronave que viajava de Houston a […]

Rede de fast food demite funcionário após vídeo com alimentos em vaso sanitário ser publicado

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (20). O funcionário da rede de fast food Subway, Jumanne Clary, foi demitido pela empresa após divulgar um vídeo onde […]