Uma notícia chamou a atenção dos internautas baianos nesta manhã. Após as investigações da polícia no caso da morte de Bruno e Yan Barros da Silva, tio e sobrinho que foram assassinados após tentarem furtar carne no supermercado Atakarejo, um segurança do estabelecimento foi preso.

Além disso, outras três pessoas, suspeitas de tráfico de drogas, também foram presas. A ação ocorreu no bairro do Nordeste de Amaralina, em Salvador.

A delegada responsável pelo caso, Zaira Pimentel, comentou sobre o caso: No supermercado, estamos colhendo provas através de computadores, documentos, entre outros eletrônicos”.

Bruno e Yan foram mortos no dia 26 de abril, após os seguranças entregarem os dois aos integrantes de uma facção criminosa do bairro do Nordeste de Amaralina.

Da redação Acontece na Bahia.

Assuntos relacionados

Aeronave com 18 torcedores de time de beisebol cai no Texas e todos sobrevivem ao acidente

Uma notícia tem sido manchete nos principais meios de comunicação nesta quarta-feira (20). Um acidente aéreo improvável aconteceu nessa terça-feira (19) e envolveu uma aeronave que viajava de Houston a […]

Rede de fast food demite funcionário após vídeo com alimentos em vaso sanitário ser publicado

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (20). O funcionário da rede de fast food Subway, Jumanne Clary, foi demitido pela empresa após divulgar um vídeo onde […]