Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta segunda-feira (10). O ator e humorista Marcelo Adnet entrou na justiça pedindo reparação por danos morais contra Mário Frias, secretário Especial da Cultura. O humorista protocolou a ação no dia 3 de maio na 5ª Vara Cível da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e pede uma indenização no valor de R$ 80 mil.

A ação movida por Adnet foi motivada por uma postagem feita por Mário Frias em resposta a uma paródia do vídeo ‘Um Povo Heróico’ feita pelo humorista. A paródia feita por Adnet se baseou no vídeo original divulgado pelo governo federal próximo do dia 7 de setembro de 2020, marco comemorativo da Independência do Brasil. Mas não é só isso…

Na postagem feita por Mário Frias, o humorista foi duramente criticado pela paródia a qual o secretário classificou como de mau gosto.‘‘Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula. Um judas que não respeitou nem a própria esposa traindo a pobre coitada em público por pura vaidade e falta de caráter.’’

‘‘Um palhaço decadente que se vende por qualquer tostão, trocando uma amizade verdadeira, um amor ou sua história por um saquinho de dinheiro e uma bajulada no seu ego infantil e incapaz de encarar a vida e suas responsabilidades morais’’, comentou.

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

Aeronave com 18 torcedores de time de beisebol cai no Texas e todos sobrevivem ao acidente

Uma notícia tem sido manchete nos principais meios de comunicação nesta quarta-feira (20). Um acidente aéreo improvável aconteceu nessa terça-feira (19) e envolveu uma aeronave que viajava de Houston a […]

Rede de fast food demite funcionário após vídeo com alimentos em vaso sanitário ser publicado

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quarta-feira (20). O funcionário da rede de fast food Subway, Jumanne Clary, foi demitido pela empresa após divulgar um vídeo onde […]