Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de segunda-feira (10). O caso que emocionou o Brasil continua a ter desdobramentos. Os trigêmeos da cidade de Parisi (SP), que ficaram conhecidos após perderam a mãe, a avó e a tia para Covid-19 seguirão morando com o seu tio materno.

Após a disputa entre o tio materno, Douglas Junior Faria e a tia paterna, Simone Santos Ferreira, pela guarda dos meninos, a justiça decidiu que os garotos de 6 anos ficaram sob a guarda do tio.

No entanto, a decisão da justiça é em primeira instância e determina apenas a guarda provisória de Douglas. A Justiça de Simone pode ainda recorrer.

A tia paterna alega ainda que Douglas a impediu de ver os gêmeos: “Não me deixam ver as crianças, o tio falou que só com ordem judicial. Eu registrei um boletim de ocorrência por alienação parental”, afirmou.

Os trigêmeos ficaram famosos após aparecerem no programa de Ana Hickmann, na Record. No entanto, após do programa diversas tragédias familiares ocorreram. Nesse contexto, o pai das crianças faleceu em um acidente automobilístico no fim do ano passado, e a mãe, em março deste ano de covid-19. Posteriormente, a avó e a tia das crianças também vieram a falecer devido ao coronavírus.

Da redação Acontece na Bahia.

Assuntos relacionados

TSE pede investigação do STF sobre fake news ditas por Bolsonaro contra urnas eletrônicas

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pediu em votação unânime que o Supremo Tribunal Federal (STF), investigue o presidente […]

DPE pede R$ 200 milhões em ação envolvendo morte de tio e sobrinho em supermercado

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta terça-feira (3). A ação movida contra a rede de supermercado Atakarejo pela Defensoria Pública Estadual (DPE), da Bahia, estabelece uma indenização de […]