Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais neste sábado (8).Gisele Lidiane da Silva Rocha Queiroga, 37anos, que havia sido envenenada pelo marido no mês passado, morreu nessa sexta-feira (7), em Belo Horizonte, onde fazia tratamento para desintoxicação de dietilenoglicol. O corpo de Gisele foi liberado às 11h, de acordo com o serviço funerário. Mas não é só isso…

As investigações apontaram que o companheiro de Gisele havia comprado a substância pela internet e pago R$ 35 por ela. Kleber Pires de Queiroga, de 42 anos, colocou a substância num copo de cerveja e aguardou o momento ideal para oferecer a esposa. Gisele tomou a substância em 11 de abril e dois dias depois procurou atendimento no hospital Mateus Leme, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Após a mulher ter uma piora em seu estado de saúde ela foi transferida no mesmo dia para o Hospital Municipal de Contagem. Na sequência ela foi transferida para Belo Horizonte onde precisou ser internada em UTI, mas não resistiu às complicações e veio a óbito. O marido procurou a polícia e foi preso após confessar o crime.

Da redação do Acontece na Bahia

Assuntos relacionados

Deolane Bezerra divulga agenda de shows que é disputada por 56 contratantes interessados; 1ª apresentação será em novembro

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (21). A advogada criminalista Deolane Bezerra, viúva do cantor MC Kevin, está se lançando na carreira artística como DJ e […]

Paulo Guedes confirma auxílio de R$ 400 até final de 2022 e estuda estratégia de alterar teto de gastos

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta quinta-feira (21). Em evento promovido nessa quarta-feira (20) pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), o ministro da economia Paulo Guedes, […]