Uma notícia causou burburinho nas redes sociais nesta manhã de quinta-feira (6). Após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) negar o pedido de liberação do uso da Sputinik V no Brasil, o fundo soberano da Rússia, principal responsável por financiar o desenvolvimento da vacina russa contra a Covid-19, quer processar a agência sanitária brasileira pelas declarações feitas ao imunizante russo.

De acordo com a colunista Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo, o fundo russo está conversando com advogados brasileiros para avaliar as possibilidades de um processo. Ainda nos próximos dias a decisão final deve ser anunciada.

Segundo eles, a Anvisa passou dos limites quando não apenas negaram a liberação da vacina no Brasil, mas também quando afirmaram publicamente que essa vacina pode não ser segura.

O fundo, juntamente com o laboratório Gamaleya, que desenvolve o imunizante, contestou as afirmações da agência.

Da redação Acontece na Bahia.

Assuntos relacionados

Maitê Proença afirma que após romance com Adriana Calcanhotto ter sido noticiado sua intimidade foi exposta

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quinta-feira (16). A atriz Maitê Proença comentou sobre o vazamento de informação sobre o romance que está vivendo com a cantora Adriana […]

Queda de aeronave em Piracicaba deixa 5 pessoas da mesma família entre as vítimas

Uma notícia triste tem sido divulgada nas redes sociais nesta terça-feira (14). A queda de uma aeronave de pequeno porte em Piracicaba, interior de São Paulo, na manhã desta terça-feira, […]